"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
07/02/2020
Exclusivo: Boff com Lula em Roma?
 

Exclusivo: Boff com Lula em Roma?

7 de fevereiro de 2020

Lula, e Boff?, em Roma no dia seguinte ao lançamento da Exortação apostólica pós-Sinodal “Querida Amazônia”.

https://fratresinunum.files.wordpress.com/2020/02/img-20200207-wa0006.jpg

Por FratresInUnum.com

Fontes murmurantes revelaram-nos que, na próxima quarta-feira, Luiz Inácio Lula da Silva e, quem diria, Leonardo Boff serão recebidos pelo Papa Francisco em audiência, dia seguinte ao que acontecerá o lançamento da Exortação Apostólica “Querida Amazônia”.

Trata-se de informação não confirmada, e que, esperamos, não se concretize.

O próprio Boff afirmou que Francisco não pretendia recebê-lo enquanto Bento XVI estivesse vivo. Algo poderia ter mudado esse posicionamento de Francisco? Talvez o episódio do livro de Sarah-Sarah-Bento? Nesta semana, a imprensa italiana divulgou que Francisco teria afastado o chefe da Casa Pontifícia, dom Georg Gänswein, de suas funções, embora não o tenha destituído de cargo.

“Não quero mais vê-lo”, foi a dura frase atribuída a Bergoglio. O desaparecimento de Gänswein das audiências com Francisco ocorreu quase que simultaneamente ao episódio do livro. Ainda indiscrições vaticanas que nos chegam dão conta de que o cardeal Sarah, em audiência com Francisco, demonstrou documental e cabalmente que tinha tudo acertado com Bento XVI sobre a coautoria do livro. Seria, então, uma retaliação bergogliana a Ratzinger? Enfim, só podemos conjecturar a respeito.

O fato é que o esquerdismo deste pontificado, além de patológico, tornou-se indissimulável. Após ter recebido o recém-eleito presidente da Argentina e não ter mencionado com ele o absurdo do seu iminente projeto de lei acerca do aborto, Francisco acolheu a jato o seu pedido e receberá Lula. Resta -nos saber se o cortesão Boff irá na mala do condenado.

Lula teria audiência neste próprio dia mas, alegando a recepção do pontífice, conseguiu evadir-se.

O deslumbramento deste papa impede-o de enxergar a realidade. Tentando “passar o pano” na impopularidade de Lula, Francisco tenta de algum modo reerguer a decadente esquerda latino-america, sob a liderança do petista brasileiro. Contudo, a popularidade de Francisco está ela também em queda livre e a associação do condenado Lula à sua pessoa apenas acelerará ainda mais a sua completa desmoralização como pontífice da Igreja Católica.

Com esta medida politiqueira, Francisco sacrifica o último resíduo de credibilidade que o seu cargo lhe dava e, ademais, desacredita o documento que divulgará, o qual é de claríssima inspiração boffiana.

Para os alienados que sobrevivem dentro das muralhas do Vaticano, o povo aqui fora não conta. A ideologia cegou as suas mentes. São fanáticos bergoglistas e não recuarão um milímetro sequer.

A semana que vem promete!

Fonte:https://fratresinunum.com/2020/02/07/exclusivo-boff-com-lula-em-roma/?

 
 
 

Artigo Visto: 215 - Impresso: 4 - Enviado: 0

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.928.597 - Visitas Únicas Hoje: 569 Usuários Online: 203