"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
22/03/2020
Bergoglio deve se arrepender publicamente e executar repetidos atos de reparação
 

Bergoglio deve se arrepender publicamente e executar repetidos atos de reparação

21 de março de 2020

https://scontent.ffbe1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/90812663_2491106034440345_3133858256582082560_n.jpg?_nc_cat=101&_nc_sid=8024bb&_nc_eui2=AeGds419y_9B3eImjHkqh34OcY1OG2GQfm9lZ1p771bZaggNGEkhRlnKx0dLenkyJx1Omv3qb8vRVRVGuRrjRMlg7acO6Hqlb_rOGSgtEczesg&_nc_ohc=xAz417E8yqoAX_0sUTM&_nc_ht=scontent.ffbe1-1.fna&oh=3d43aa37e74819e4c2d77ed22de8f93d&oe=5E9C6287

Por Danilo Quinto

Em um artigo de 8 de março, intitulado "Os tempos dos pagãos, o castigo e a expectativa do Senhor", escrevi:  Em outubro de 2019, ocorreu uma abominação na Igreja de S. Maria em Traspontina. Uma procissão com monsenhores e bispos na frente, carregando uma canoa amazônica na qual dominava a "pachamama": um fetiche em madeira feminina grávida (mãe terra), um símbolo pagão de fertilidade.

O bispo emérito da Amazônia, Mons. Josè Luis Azcona, declarou a esse respeito: «Pachamama e Mãe Terra são deusas, como Cybele ou Astarte, veneradas na Babilônia, ambas expressões da fecundidade da mulher. A invocação das estatuetas em frente à qual alguns religiosos também se curvaram no Vaticano (e não digo a congregação à qual pertencem ...) é a invocação de um poder mítico, o da Mãe Terra, a quem são solicitadas bênçãos a toda a humanidade ou gestos de gratidão. São sacrilégios demoníacos que produzem escândalo sobretudo para os pequenos que não conseguem discernir (...). A Mãe Terra não deve ser adorada, porque tudo, até a Terra, está sob o domínio de Jesus Cristo. Não é possível que haja espíritos com poder igual ou superior ao de Nosso Senhor ou da Virgem Maria. Pachamama não é e nunca será a Virgem Maria. Dizer que essa estátua representa a Madonna é uma mentira. Ela não é a Senhora da Amazônia, porque a única Senhora da Amazônia é Maria de Nazaré. Não fazemos misturas sincretísticas. Tudo isso é impossível: a Mãe de Deus é a Rainha do céu e da terra ».

No entanto, diante do altar-mor daquela igreja gloriosa, grandes velas foram acesas em homenagem ao ídolo. A canoa foi colocada aos pés de Bergoglio e seus acólitos, e um incrível ritual tribal foi celebrado com canções e orações. O cardeal Pedro Barrera disse: "Esta noite o céu está na terra!". Um querido amigo meu diz: "O tempo ainda não terminou ... caso contrário, como profetizado, eles seriam mortos com um sopro".

Hoje, esta notícia foi publicada por GloriaTv: «Exorcista:" Castigo por coronavírus pelo culto a Pachamama ".

«O coronavírus é uma" punição "pelo culto a Pachamama praticado na Igreja Católica, explicou o padre filipino Don Edgardo" Bing "Arellano em 19 de março, em uma homilia. Arellano é um advogado canônico, exorcista e ex-apresentador da EWTN. Referindo-se a Êxodo 20, ele acrescentou que desobedecer ao primeiro mandamento e venerar ídolos como Pachamama resulta em uma praga que é "um castigo por violar o primeiro mandamento, que proíbe a idolatria".

Êxodo 20 (2-6) diz:

"Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
Não terás outros deuses diante de mim.
Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos."

Desde o início da disseminação dessa pandemia, escrevi que pouco podia ser feito no nível humano. Denunciei os erros cometidos pelos homens deste governo. Desde o início, solicitei o encerramento de todas as atividades não essenciais. Também escrevi que, no momento, não estava interessado em todas as hipóteses - ainda que não comprovadas - da vontade humana de espalhar o vírus construído em laboratório ou o vírus usado como "arma de destruição em massa".

Eu estava e estou convencido de que estamos sofrendo um castigo de Deus, análogo aos que a humanidade experimentou em muitos momentos de sua história.

A natureza se rebela contra o homem, quando o homem se rebela contra Deus.O que estamos experimentando é uma punição de Deus, originada por essa rebelião, que dura há séculos e que nas últimas décadas teve uma aceleração assustadora, conhecendo sua clímax com os últimos sete anos de liderança de Bergoglio na Igreja.

É completamente inútil, diante da raiva e castigo de Deus que desencadeou com seus atos e seus comportamentos, que Bergoglio promova recitação em streaming de Rosários, celebrações de missas blindadas e as transmita ao vivo, convide os homens a confessarem-se , expresse proximidade com aqueles que ajudam os mortos e com as famílias dos mortos.

O mundo não será salvo desta punição se não houver arrependimento público de Bergoglio e seus repetidos e sinceros atos de reparação, ajoelhando-se diante do Altíssimo.

Se Bergoglio não entender, deixe que um bispo entenda. Não estou dizendo um santo, porque hoje não há santos, mas um bispo. Um bispo é suficiente. Outros o seguirão: outros bispos e padres.

Assumo total responsabilidade por essas declarações diante de Deus e dos homens.

Danilo Quinto

P.S .: Aos idosos que morrem aos milhares

Fonte: https://www.facebook.com/pasqualedaniloquinto/

 
 
 

Artigo Visto: 317 - Impresso: 4 - Enviado: 4

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 4.225.762 - Visitas Únicas Hoje: 290 Usuários Online: 123