"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
16/10/2020
Bill Gates apela aos líderes religiosos para apoiar a vacinação
 

Bill Gates apela aos líderes religiosos para apoiar a vacinação

15 de outubro de 2020

Igreja Ortodoxa da Moldávia: a vacina COVID é um plano anticristão e satânico de Bill Gates destinado a microchipar pessoas ( fonte: pappaspost)

Com menos da metade da população dos Estados Unidos da América considerando ser vacinada contra COVID-19, mesmo com um bônus em dinheiro de US $ 100, o bilionário eugênico Bill Gates está  apelando  desesperadamente para provacinas no poder para encontrar novas maneiras de manipular as pessoas a serem injetadas, até mesmo na igreja. (Mas com Francisco ele não tem problema porque já pediu que se vacinassem os pobres, ou seja, a maioria da população mundial, com a qual Gates tem um parceiro servil)

Já tendo tido sucesso na Nigéria, usando líderes religiosos para enganar seus paroquianos para a armadilha, Gates pretende realizar as mesmas campanhas de propaganda aqui nos Estados Unidos da América. Pastores, padres e reverendos podem proclamar do púlpito que as vacinas COVID-19 são seguras e eficazes, levando a um maior cumprimento das vacinas.

Em uma entrevista recente ao Conselho de Administração do Wall Street Journal, Gates ameaçou que "países ricos" como os Estados Unidos da América só poderiam voltar ao normal no final de 2021 se as pessoas concordassem em ser vacinadas. Para fazer isso, Gates espera que os trabalhadores pró-vacina possam invadir com sucesso as "redes de confiança" das pessoas e convencê-las de que as vacinas COVID-19 são a cura para a pandemia.

"A relutância da vacina está presente em todos os países e é anterior à pandemia", disse Gates durante o debate, instando as autoridades de saúde a começarem "a pensar nas vozes que ajudarão a reduzir a relutância para que possamos obter um nível de vacinação que realmente tem uma chance de parar "a pandemia.

Bill Gates quer que as organizações de mídia social censurem o ceticismo sobre o COVID-19

Anthony Fauci, Diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), expressou sentimentos semelhantes em junho. Fauci anunciou abertamente que o governo, usando o dinheiro do contribuinte, já colocou em prática um plano para que "as pessoas [relutantes em vacinar os americanos possam se identificar na comunidade - personalidades do esporte, heróis da comunidade, pessoas Aqueles que você admira "espalham o evangelho pró-vacina.

É um começo, mas Gates quer que as campanhas de relações públicas acelerem a todo vapor e, em breve, economizem o máximo possível da pandemia. Embora muitas pessoas percebam que isso é tudo exagero, é o mínimo que se pode dizer, Gates percebe que a janela de oportunidade está se fechando para ele.

Gates fica especialmente incomodado com o fato de as pessoas descobrirem a  verdade  sobre ele online, embora, para Gates, a verdade seja apenas "teorias da conspiração" que precisam ser "desmistificadas" pelas mesmas pessoas que estão pressionando por uma vacinação em massa contra ela. COVID-19.

Há "coisas muito empolgantes" se espalhando pela Internet, de acordo com Gates, que são uma chave importante para sua agenda. Muitos estão convencidos de que "alguém criou intencionalmente este vírus, ou que existe uma conspiração" em torno de sua disseminação, disse Gates.

Pior ainda, essas "teorias da conspiração" estão se espalhando "muito mais rápido do que a verdade - isto é, elas vêm de um morcego", diz Gates.

Gates espera que as plataformas de mídia social como Facebook e Twitter "diminuam ou anotem as coisas que realmente estão causando enormes danos, como não usar máscaras ou não querer ser vacinado, se essa for a ferramenta chave para voltar ao normal".

Em outras palavras, qualquer ceticismo sobre o coronavírus ou as "curas" prescritas para mantê-lo afastado deve ser suprimido no ambiente online, para que a versão de Bill Gates tenha alguma chance de sobreviver a todos os exames.

O presidente Trump também é parte do problema, diz Gates, porque retirou o financiamento americano da Organização Mundial da Saúde (OMS). Isso significa que o principal financiador da nova OMS é ninguém menos que o próprio Gates.

"Ainda não sabemos se essas vacinas terão sucesso", admitiu Gates, a contragosto, acrescentando que, se o fizessem, "duvido que muitas vacinas russas ou chinesas venham a sair desses países."

As fontes deste artigo incluem:

BlacklistedNews.com
NaturalNews.com
Tradução de  Natural News  por  VerdadyPaciencia

Via: https://religionlavozlibre.blogspot.com/2020/10/bill-gates-pide-los-lideres-religiosos.html?

 
 
 

Artigo Visto: 319 - Impresso: 1 - Enviado: 0

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 4.336.186 - Visitas Únicas Hoje: 1.239 Usuários Online: 242