"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
05/08/2017
Os Maçons celebraram o Concílio Vaticano II
 

Os Maçons celebraram o Concílio Vaticano II

25 dezembro 2016

https://3.bp.blogspot.com/-3uAzTRe7Evw/WGBXkfxGqII/AAAAAAAAH0w/0raq3khnhyszyf60cDU1VcHOKIcN7fc6ACLcB/s640/PicsArt_1482704329394.jpg

Concílio Vaticano II (1962-1965)

[Os]¹ Maçons... celebraram a espantosa reviravolta trazida pelo Concílio. Alegram-se ao ver que, finalmente, os Católicos “viram a luz”, pois que muitos dos seus princípios maçônicos foram aceitos pela Igreja.

Por exemplo, Yves Marsaudon, do Rito Escocês, no seu livro Ecumenism Viewed by a Traditional Freemason, louvou o ecumenismo nascido do Concílio Vaticano II. Escrevia ele:

“ Os Católicos (…) não devem esquecer que todos os caminhos levam a Deus. E vão ter de aceitar que esta corajosa ideia do livre pensamento, a que podemos realmente chamar uma revolução, difundida através das nossas lojas maçônicas, se espalhou de forma magnífica por sobre a cúpula de S. Pedro ”. (Cit. da Open Letter to Confused Catholics, pp. 88-89.)

https://4.bp.blogspot.com/-OAcpV54PdVE/WGBX5uSC_jI/AAAAAAAAH00/6nh7cLWw0-gI01oj4_4Zx16wObKCqbHmACLcB/s400/20161225202724.jpg

Yves Marsaudon (1889-1984)

Yves Marsaudon deleitava-se ao acrescentar que “ Pode-se dizer que o ecumenismo é o filho legítimo da Maçonaria ”. (Yves Marsaudon, O ecuménisme vu par um Maçon de tradition, pp. 119-120.)

O espírito de dúvida e de revolução característico do Post-Vaticano II alegrou, obviamente, o coração do maçom francês Jacques Mitterand, que escreveu com aprovação:

“ Alguma coisa mudou dentro da Igreja, e as respostas dadas pelo Papa às questões mais urgentes, como o celibato dos Padres e o controle da natalidade, são debatidas vigorosamente no seio da própria Igreja; a palavra do Sumo Pontífice é questionada pelos Bispos, pelos Padres, pelos fieis. Para um maçom, um homem que questiona o dogma já é um maçom sem avental ”. (Cit. da Open Letter to Confused Catholics, Archbishop Marcel Lefebvre, pp. 88-89.)

https://1.bp.blogspot.com/-u1OmM3-HXHE/WGBYT7QSfkI/AAAAAAAAH04/NHA2uVw0QiodlkzUI4_40JtcKwthpmttwCLcB/s400/20160804200349.jpg

Marcel Prelot (1898-1972)

O francês Marcel Prelot, Senador pela Região de Doubs, é provavelmente o mais exacto ao descrever o que realmente aconteceu. Escreveu ele:

“ Lutamos durante século e meio para fazer vingar as nossas opiniões dentro da Igreja e não o conseguimos. Finalmente, chegou o Vaticano II e nós triunfamos. A partir daí, as proposições e os princípios do Catolicismo liberal foram definitiva e oficialmente aceitos pela Santa Igreja ”. (Open Letter to Confused Catholics, Archbishop Marcel Lefebvre, pp. 100)

Do livro: O Derradeiro Combate do Demônio, compilado e editado pelo Padre Paul Kramer.

¹ Adição nossa.

Para citar: Por Católicos Romanos, “Os maçons celebraram o Concílio Vaticano II”, em 25/12/2016, às 20h25.

Fonte: https://fieiscatolicosromanos.blogspot.com.br/2016/12/os-macons-celebraram-o-concilio.html

 
 
 

Artigo Visto: 219 - Impresso: 6 - Enviado: 0

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 2.684.666 - Visitas Únicas Hoje: 254 Usuários Online: 87