"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
02/09/2018
A SODOMIA DA SEITA CONCILIAR JÁ CONTÉM A PEDOFILIA
 

A SODOMIA DA SEITA CONCILIAR JÁ CONTÉM A PEDOFILIA

02/09/2018

«PRM: O leitor mal informado podia perguntar-se: porque tanta briga sobre o assunto da sodomia (perdão, os “gays”, homos(s)exuais, etc., a não utilizarmos outras expressões menos diplomáticas)? Porque não viver e deixar viver (why not live and let live)? Porque nós importa o que dois adultos (consenting adults) fazem num quarto? Qual é o nosso problema?

Pro primo: “viver e deixar viver” não resulta no caso deles, veja-se, por exemplo, o “gay” manifesto (muito agressivo), http://www.againstequality.org/files/refugees_from_amerika_a_gay_manifesto_1969.pdf , reproduzido até na biblioteca do Congresso americano http://www.godhatesfags.com/reports/19870215_homosexual-manifesto.pdf .

Pro secundo, lembrem-se da história do Sodoma e Gomorra, e a passagem na Epistola aos romanos (1, 32): “qui tália agunt, digni sunt morte, et non solum qui ea fáciunt, sed étiam qui conséntiunt faciéntibus” (os que fazem isto, são dignos da morte, e não só eles, mas os que concordarem), portanto, nós temos de afirmar que, embora que não podemos fazer nada, pelo menos não concordamos.

Pro tertio, como se mostra neste artigo, não se trata apenas de adultos, mas crianças incapazes de consentir válidemente.»

http://static1.squarespace.com/static/52c2df7ae4b0d215dded86fd/536fab69e4b00b0fd2515399/5b7ecec61ae6cf17cbe27071/1535055560852/Screen+Shot+2018-08-23+at+11.14.50+AM.png?format=1000w

Escutemos o Papa Leão XIII, num trecho da sua encíclica “Humanum Genus”, promulgada a 20 de Abril de 1884:

«A seita maçónica tende com propósito tenaz e unânime a apoderar-se também da educação dos pequenos. Eles bem entendem que aquela idade tenra e flexível deixa-se dobrar e plasmar a seu talante, e, portanto, que não há expediente mais oportuno do que este para formar para o Estado cidadãos tal como eles almejam. Por isso, na obra da educação e instrução, não deixam aos ministros da Igreja nenhuma parte, nem na direcção, nem na vigilância. E em muitos lugares, já estão tão adiantados, que a educação da juventude está toda nas mãos de leigos; e no ensino moral, está banida toda a ideia daqueles grandíssimos e santíssimos deveres que unem o homem a Deus.

Seguem os princípios da ciência social, onde os naturalistas ensinam que os homens têm todos os mesmos direitos e são de condição perfeitamente igual; que todo o homem é, por sua natureza, independente; que ninguém tem o direito de mandar nos outros; que querer os homens submetidos a qualquer outra autoridade que não dimane deles próprios – é tirania. Portanto, o povo é soberano – quem manda não tem autoridade para mandar, a não ser por mandato ou concessão do povo, e que por força disso, essa autoridade pode, queira ou não, ser deposta. Segundo os maçons, a origem de todos os direitos e deveres civis está no povo, ou no Estado, que, por isso, se baseia nos novos princípios da liberdade. Além disso, o Estado deve ser ateu – entre as várias religiões não há motivo para dar preferência a alguma, tendo todas o mesmo valor.

Ora, que estes princípios agradem igualmente aos maçons, e que queiram modelar os governos sobre eles, é coisa ressabida e não necessita de ser provada. É desde há muito tempo que trabalham abertamente para isso, com todas as forças e o poder que têm, aplainando assim o caminho para aqueles, não poucos, mais audazes do que eles e mais arrojados no mal, que almejam a igualdade e a comunhão de todos os bens, tendo feito desaparecer do mundo toda distinção de posse e de condição social.

Por esses breves acenos, divisa-se com bastante clareza O QUE É E O QUE QUER A SEITA MAÇÓNICA. Seus dogmas repugnam tanto e com tanta evidência à razão, QUE NÃO PODE HAVER NADA DE MAIS PERVERSO. Querer destruir a Religião e a Igreja fundada pelo próprio Deus, e por Ele assegurada de vida imortal, querer, depois de passados dezoito séculos, RESSUSCITAR OS COSTUMES E AS INSTITUIÇÕES DO PAGANISMO, É INCRÍVEL LOUCURA E DESCARADÍSSIMA IMPIEDADE. Nem é coisa menos HORRENDA e intolerável repudiar os benefícios prodigalizados, por Sua bondade, por Jesus Cristo, não sòmente aos indivíduos, mas também às famílias e aos Estados; benefícios relevantíssimos, também no juízo e testemunho de inimigos. Nesse louco e feroz propósito, parece quase poder reconhecer-se O ÓDIO IMPLACÁVEL, E A RAIVA DE VINGANÇA, QUE ARDE CONTRA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO NO CORAÇÃO DE SATANÁS.»

Que ninguém se iluda: Um sodómico possui quase sempre fortíssima tendência para a pedofilia. A razão profunda reside na própria aberração satânica da inversão sexual, sobretudo no varão. Essa aberração tende por si mesma para toda a espécie de crimes, PELA PRÓPRIA PROPORÇÃO PSICOLÓGICA E ONTOLÓGICA ENTRE ELAS. De nada serve os sodómicos afirmarem que jamais seriam capazes de atacar uma criança, VISTO NÃO POSSUÍREM, NEM PODEREM POSSUIR, QUALQUER FORÇA MORAL QUE OS HABILITE A TAL DECLARAÇÃO.

Ora é conhecido, que por castigo Divino, a seita conciliar é toda ela um alfobre de sodomitas. Se é verdade que sempre houve casos de sodomia dentro das fileiras do clero da Santa Igreja Católica, a causa próxima desta pandemia de inversão sexual é consequência directa das ideias liberais propagadas oficialmente pelo amaldiçoado Vaticano 2. A declaração a favor da liberdade religiosa constituiu uma autêntica bomba termonuclear, a qual destruiu, irremediàvelmente e até aos fundamentos, toda a espiritualidade e a própria Fé dos sacerdotes(incluindo bispos) e dos religiosos. Evidentemente que os varões foram mais devastadoramente atingidos, pela própria constituição psico-orgânica do sexo masculino. E como abandonaram a Deus Nosso Senhor, Este os entregou às mais tirânicas e satânicas paixões, como claramente ensina São Paulo na Epístola aos Romanos.

Ora, É ISSO QUE SE NÃO QUER RECONHECER – QUE A PANDEMIA DE SODOMIA E PEDOFILIA POSSUI A SUA CAUSA NO LIBERALISMO CONCILIAR. Efectivamente: Se há liberdade religiosa, então não há Céu nem Inferno, e então também não há Deus Pessoal, portanto não há nada, e se não há nada, para quê preocupar-se seja com o que for? É certo, e nunca será demais repeti-lo, que a SEITA CONCILIAR NÃO É, EM ABSOLUTO, A IGREJA CATÓLICA, MAS A MAÇONARIA INTERNACIONAL. Exactamente por isso, é profundamente errado afirmar “que a corrupção na Igreja é agora pior do que no tempo dos Borgias”; a Igreja desse tempo, NA SUA FACE HUMANA, conquanto muito corrompida, ERA A SANTA MADRE IGREJA, PORQUE CONSERVAVA A FÉ CATÓLICA, embora sem a Caridade. Mas, hodiernamente, a Santa Madre Igreja, na sua Pessoa Moral de Direito Divino, já não coincide, de modo algum, com a face exterior do seu Corpo Místico, precisamente porque foi usurpada pela seita anti-Cristo, ou seja, a maçonaria internacional.

Bergoglio, EM CUJO CORAÇÃO ARDE O ÓDIO DE SATANÁS A JESUS CRISTO, é o chefe não apenas da mafia gay, mas igualmente da mafia pedófila; a segunda, como dissemos, brota necessáriamente da primeira. Aquilo que nos aparece como “Igreja” funciona como uma multinacional do crime, sendo os “seminários” os viveiros desta monstruosa empresa. Mas, não esqueçamos, tudo isto é castigo de Deus. Cumpre igualmente bem recordar, que as denominadas “direitas” e “Extremas-direitas” euro-americanas, que atacam Bergoglio, TAMBÉM NÃO TÊM A FÉ CATÓLICA, SENDO ULTRAMATERIALISTAS ATÉ À MEDULA. E se atacam Bergoglio, é porque este, sendo comunista, sempre se assegurou contrário ao liberalismo e ao neo-liberalismo. Mas nós, verdadeiros católicos, somos anti-comunistas e anti-social democratas, mas também anti-liberais e anti-capitalistas – SOMOS REACCIONÁRIOS.

O que pode fazer um sacerdote, com ascendente sobre crianças e adolescentes, quando a esse sacerdote, naturalmente privado de referências femininas, foram cortados todos os recursos Sobrenaturais, e se envidaram, oficialmente, premeditadamente, todos os esforços para substituir, na sua alma, a espiritualidade tradicional pelo espírito do mundo? Tanto mais que sabemos que a grande maioria dos eclesiásticos, em todas as épocas e lugares, jamais primaram pela santidade.

A grande culpada pela vaga de crimes de sodomia e de pedofilia, no seio da usurpada face humana do Corpo Místico, É A MAÇONARIA INTERNACIONAL. Afinal, esta manteve a lei do celibato, não só por razões económicas, mas mais precisamente, para operar na alma dos sacerdotes e religiosos a letal contradição entre um alto ideal, materialmente declarado, (o celibato) e a sonegação formal e premeditada das forças Sobrenaturais necessárias para o cumprimento desse ideal. É DESSA CONTRADIÇÃO INTELECTUAL E MORAL QUE BROTAM A SODOMIA E A PEDOFILIA.

O que acabo de afirmar constitui, porém, verdadeiro tabu na nossa civilização ocidental. Não se quer, ou não convém reconhecer, pùblicamente, a causa real da pandemia de sodomia e pedofilia. É proibido mencionar a maçonaria como ocupando, e usurpando, o lugar, que de Direito Divino, Eterno e Imutável, pertence à Santa Madre Igreja. Cada época e cada civilização tem o tabu que merece, pois que constitui, simultâneamente, um castigo Divino.

Registe-se, que O ESTADO QUE NÃO PUNE A SODOMIA, E ATÉ LHE DÁ FORMA MATRIMONIAL, OH! ABERRAÇÃO DAS ABERRAÇÕES, ESSE ESTADO, QUALQUER QUE ELE SEJA, NÃO TEM LEGITIMIDADE ALGUMA PARA PUNIR A PEDOFILIA.
Como já foi notado, aqueles que, na seita conciliar, praticam a sodomia, fazem-no também porque os seus superiores lhes fazem crer que tal constitui como que uma obrigação religiosa, uma espécie de segredo esotérico da Igreja. Sabe-se que no recrutamento dos “seminários” a tendência sodómica é não apenas bem aceite, como é formalmente estimulada. E como a sodomia contém a pedofilia, É TODA A SEITA CONCILIAR QUE DEVE SER, FORMALMENTE, INCRIMINADA PELA MONSTRUOSIDADE.

Evidentemente, que aquilo a que assistimos é próprio de uma idade pós-cristã, e mais ainda – pré-escatológica. Um dos indicadores da aproximação do fim do mundo é precisamente “a suprema iniquidade instalada no lugar de Deus”(IITess 2,2). A decomposição da seita conciliar avança a passos rápidos, mas insiste-se: OS DENOMINADOS CARDEAIS CONSERVADORES NÃO POSSUEM A FÉ CATÓLICA, NEM SABEM O QUE ISSO REPRESENTA. De qualquer forma, a desintegração da seita conciliar, indicará sòmente UMA CISÃO, OU UMA APARÊNCIA DE CISÃO, NO SEIO DA MAÇONARIA. A SANTA MADRE IGREJA PERMANECE INFINITAMENTE ACIMA DE TUDO ISSO, NA SUA UNIDADE, NA SUA INDEFECTIBILIDADE, NA SUA SANTIDADE, NA SUA INFALIBILIDADE. Os conflitos na seita conciliar não a afectam, mas podem constituir OCASIÃO PROPÍCIA para um golpe heróico, vibrado no estado do Vaticano, no qual forças verdadeiramente católicas assumam o poder. Deus o saberá. Deus o providenciará.

Recordemos a comunicação de Nossa Senhora de Fátima, a nossa querida Mãe do Céu, à vidente Lúcia: “E tu sofres muito? Não te preocupes, eu nunca te abandonarei, o meu Imaculado Coração será o teu refúgio, e o caminho que te conduzirá até Deus.”

Esta comunicação é válida para todos os bons católicos.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Lisboa, 2 de Setembro de 2018

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral

Fonte:https://promariana.wordpress.com/2018/09/02/a-sodomia-da-seita-conciliar-ja-contem-a-pedofilia/

 
 
 

Artigo Visto: 445 - Impresso: 4 - Enviado: 1

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.213.536 - Visitas Únicas Hoje: 592 Usuários Online: 137