"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
13/04/2019
Em defesa dos blogs católicos
 

Em defesa dos blogs católicos

12 de abril de 2019

https://onepeterfive.com/wp-content/uploads/2019/04/printing-newspapers.jpg

Thomas Greninger 

À medida que passamos pela crise atual na Igreja, há alguns que criticam os reveladores da verdade, alegando que é melhor viver uma boa vida católica da melhor maneira possível e ignorar todas as notícias. "É melhor que não saibamos", podem dizer. "Afinal, a curiosidade matou o gato."

Essas pessoas esqueceram o fato de que sem as pessoas revelarem a verdade, é impossível para nós vivermos boas vidas católicas, ou tomar decisões informadas sobre onde devemos assistir à missa, a quem devemos ouvir, e que orações devemos orar. É fundamentalmente o equivalente a dizer: "Não seria melhor se simplesmente não soubéssemos o que era pecado? Dessa forma, nunca seríamos responsáveis por isso. ”E mesmo que alguém esteja legitimamente levando uma vida santa e católica, outros podem não ser, e eles ainda precisam de ajuda.

Algumas pessoas já encontraram a verdade e vivem em uma comunidade que a ama. Aqueles com a sorte de ter uma paróquia fortemente ortodoxa, como a que eu sou membro, podem não precisar do conselho espiritual ou de artigos perspicazes de um blog como OnePeterFive para viver uma boa vida católica. Mas é triste que a maioria dos católicos não tenha encontrado a verdade.

Quantos católicos fazem penitência na sexta-feira, abstendo-se ou não? Quantos católicos sabem que a “liberdade religiosa” está errada? Quantos católicos sabem que a pena de morte é legítima? A realidade é que há muitos católicos que precisam da verdade por aí, e é importante que isso chegue até eles.

Em um mundo onde a informação é imensamente acessível, a heresia tem um escopo muito mais amplo e, portanto, a verdade também deve ter um escopo mais amplo. Se blogs como o OnePeterFive relatam as coisas que o papa faz, até mesmo as coisas ruins, eles o fazem por um motivo. Existem muitos blogs ruins por aí, alguns, sem dúvida, legitimamente espalhando mentiras, mas não podemos apenas condenar todos os blogs de uma só vez. Quanto mais mal existe, mais bom deve neutralizá-lo; quanto mais difamatório for o relatório, mais os relatórios verdadeiros devem neutralizá-lo.

Não podemos apenas boicotar a internet e fechar os blogs tradicionais. As pessoas estarão na internet de qualquer maneira, e é por isso que temos que continuar. Temos que continuar a espalhar a verdade e esperamos sabedoria; temos que continuar a ser uma voz. Quase toda história que um blog católico tradicional como o OnePeterFive traz - sim, até mesmo os relatórios sobre abuso e outras coisas escandalosas - serve a um propósito. É fácil para alguém que sempre foi afortunado com liturgias bastante reverentes, como eu, considerar o Novus Ordo bastante ortodoxo e ignorar o abuso ocasional como único e não generalizado. Mas é vendo as histórias dos outros, nos artigos, nos comentários e aprendendo sobre a própria fé, que se percebe que o abuso está em toda parte, e que realmente há algo errado com o Novus Ordo, talvez dando essa motivação final para procurar a Missa Tridentina.

O papa também merece críticas. É muito fácil para alguém tratar o papa como um deus, quando ele não é. Tantas pessoas têm equívocos sobre a autoridade papal, e isso também deve ser confrontado. Devemos respeitar as autoridades legais e proteger o bom nome do outro, especialmente o papa - mas o Papa Francisco está massacrando ativamente a nossa fé. Devemos respeitar o papa, devemos orar por ele e não devemos caluniá-lo. Mas quando ele faz algo errado, não devemos permanecer em silêncio apenas para proteger seu bom nome.

Seria diferente se tivéssemos uma hierarquia sagrada que cuidasse de nossas almas. Não temos. Seria diferente se o Vaticano II tivesse saído diferente. Não foi. Seria diferente se o Papa ainda apelava à evangelização. Ele não quer. Vivemos em uma época em que é necessário que alguém se levante pela verdade — necessário que alguém diga algo.

Os blogueiros tradicionais são aqueles que fazem isso. Eles fazem o que fazem porque são católicos, e se preocupam em ser católicos. Eles não são perfeitos, e eles cometem erros, mas eles estão fazendo o seu melhor para espalhar a verdade. Se não o fizerem, quem o fará?


Thomas Greninger

https://onepeterfive.com/wp-content/uploads/2019/04/IMG_9787.jpg

Thomas Greninger é um estudante do ensino médio que vive na Arquidiocese de Portland, no Oregon. O mais velho de uma grande família, ele gosta de escrever ensaios e poesia e aprender sobre a fé.

Fonte: https://onepeterfive.com/defense-catholic-blogs/?

 
 
 

Artigo Visto: 345 - Impresso: 2 - Enviado: 1

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.725.469 - Visitas Únicas Hoje: 1.150 Usuários Online: 285