"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
21/09/2019
Dom Keller: o Sínodo da Amazônia não deve ser ocasião de “traição à fé”
 

Dom Keller: o Sínodo da Amazônia não deve ser ocasião de “traição à fé”

19/09/2019

https://1.bp.blogspot.com/-cSaKekdf3Pg/VUzak9lnQBI/AAAAAAAAExs/tmYFjz0ZynU/s1600/Dom_Keller.jpg

REDAÇÃO CENTRAL, 20 Set. 19 / 08:27 pm (ACI).- No marco das controvérsias suscitadas em torno do Sínodo da Amazônia, Dom Antônio Carlos Rossi Keller, Bispo da Diocese de Frederico Westphalen (RS), advertiu recentemente de que a Igreja vive “tempos difíceis”.

O Sínodo da Amazônia, que se realiza no Vaticano de 6 a 27 de outubro deste ano, não esteve livre de polêmica. Cardeais e bispos, entre eles o prelado emérito de Marajó, Dom José Azcona, pronunciaram-se sobre o risco de que a ocasião venha a abrir as portas para ordenações sacerdotais de mulheres e que homens casados também tenham acesso ao sacerdócio, além de equiparar as religiões indígenas com o cristianismo.

Através de suas redes sociais, Dom Keller expressou neste 16 de setembro que estes são “tempos difíceis para a Una, Santa, Católica e Apostólica Igreja de Cristo. Tempos de traições e defecções, especialmente por parte de muitos daqueles que deveriam ser Mestres da Fé, da verdadeira Fé e que se transformaram em postuladores das mais vis e já combatidas heresias”.

“Ordenações de mulheres, mudança da matéria do Sacramento da Eucaristia, pajelanças introduzidas na Sagrada Liturgia... o resultado intencional de tudo isso, eufemisticamente chamado de “novo paradigma para a Igreja”, o que de fato se pretende é o rompimento com a Sagrada Tradição, com o autêntico Magistério da Igreja”, disse.

O Prelado lamentou que os que promovem estas coisas “realmente querem é outra Igreja”.

“Por que simplesmente não abandonam eles a Barca de Cristo? Porque o que desejam agora é jogar fora desta Barca os que deles discordam. É uma questão de “apoderamento eclesial”, pontuou o bispo.

“É preciso rezar pela Igreja, rezar pelo Sínodo, para que não se transforme em um instrumento de traição à verdadeira fé. Sobretudo, rezar pelo Papa Francisco, para que neste momento dramático da História da Igreja seja Mestre da Fé”, concluiu.

Fonte>https://www.acidigital.com/noticias/dom-keller-o-sinodo-da-amazonia-nao-deve-ser-ocasiao-de-traicao-a-fe-31120?

 
 
 

Artigo Visto: 492 - Impresso: 6 - Enviado: 3

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 4.300.775 - Visitas Únicas Hoje: 950 Usuários Online: 183