"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
20/02/2014
MILAGRE EUCARÍSTICO DE “DAROCA, Espanha, ano 1239”
 

MILAGRE EUCARÍSTICO DE “DAROCA, Espanha, ano 1239”

20/02/2014

http://apostoladosagradoscoracoes.angelfire.com/images/Daroca1.JPG

Na cidade de Daroca, localizada no nordeste da Espanha, os habitantes se orgulham de seu passado histórico e de sua importância durante os tempos romanos. É protegida por muros altos em todos os lados e possui mais de cem torres para vigilância e observação. Está a 75 quilômetros de Zaragoza e foi escolhida pelo SENHOR para uma notável Manifestação Sobrenatural Eucarística.

O passado da cidade ainda parece vivo mostrando muros e castelos medievais, torres, praças e ruas conforme o traçado romano daquela época. Nas igrejas e museus pode ser encontrada a inestimável arte romana e dos mouros, observando-se também a predominância do estilo gótico e a influência do Renascimento.

Todavia, embora tenha toda esta riqueza histórica, o maior tesouro de Daroca é a relíquia dos "Sagrados Corporais", que data de 1239, quando aconteceu o milagre. Por aquele ano, quando a cidade de Valencia estava sob o reinado do Rei católico Dom Jaime, o rei sarraceno Zaen Moro decidiu tomar a cidade com as tropas que haviam chegado do norte da África. O rei católico vendo as intenções do sarraceno, e sabendo que a força militar espanhola era menor, ordenou oferecer uma Santa Missa ao ar livre, e encorajou os soldados e oficiais, a receberem a Sagrada Eucaristia. O Rei Jaime assegurou aos militares que se eles fossem fortalecidos espiritualmente com o Corpo do SENHOR, poderiam lutar sem medo porque receberiam a proteção e a ajuda Divina.

Assim que terminou a Consagração, os Sarracenos fizeram um ataque de surpresa. O sacerdote que celebrava a Santa Missa ficou confuso e aterrorizado com o estrondo dos canhões, dos tiros, gritos e toda a confusão que se formou. Por isso, ao invés de consumir as seis Hóstia que foram Consagradas, as colocou por segurança entre dois Corporais. Rapidamente dobrou os Corporais e desceu do altar improvisado, colocando os Corporais com as Hóstias, debaixo de uma pedra a uma pequena distância.

http://apostoladosagradoscoracoes.angelfire.com/images/Mc6.jpg

Num intervalo da batalha, quando os sarracenos se retiraram para agrupar as suas forças, os soldados católicos se ajoelharam diante do altar para dar graças a DEUS por aquela primeira vitória alcançada. Os comandantes solicitaram ao padre Mateo Martínez que lhes ministrasse a Sagrada Comunhão, como testemunho de agradecimento e ação de graças a DEUS, por aquela primeira vitória alcançada. Sem perca de tempo, o padre encontrou os Corporais e abriu para verificar se estava tudo bem com as Hóstias Consagradas. Ficou perplexo com o que viu! As seis Hóstias tinham desaparecido e em seu lugar ficaram seis manchas do precioso sangue do SENHOR. Tinha acontecido uma notável Manifestação Milagrosa. Apressado, o sacerdote subiu ao altar improvisado e mostrou aos militares o Corporal com as manchas do Sangue de JESUS, para reverência e veneração de todos.

Eles rezaram e acolheram aquele Milagre como um esplendido sinal de DEUS, que lhes dava forças para expulsar os hereges sarracenos. Voltaram ao campo de batalha contra os Mouros e recapturaram o Castelo de Chio, fazendo com que eles fugissem dalí.

O mérito desta batalha triunfal foi concedido integralmente ao Milagre Eucarístico, realizado pelo SENHOR.

A notícia do milagre circulou ligeira e inclusive despertou ciúmes nos habitantes das cidades vizinhas. Como a celebração da Santa Missa foi realizada no campo, bem distante da cidade de Valência, as três cidades: Teruel, Calatayud e Daroca, reivindicaram que o milagre havia acontecido dentro de suas jurisdições territoriais. Todas as três queriam ficar com a custódia dos Santos Corporais. O assunto foi debatido durante muito tempo e depois de muitas palavras, decidiram que a disputa seria resolvida através de sorteio. Embora fosse um critério incomum, foi o escolhido de comum acordo entre as partes. Através da sorte seria indicada a cidade que ficaria na posse dos Panos Sagrados. Concordaram ainda, que os Corporais, devidamente acondicionados e protegidos, seriam colocados sobre uma mula (era um transporte normal naquela época) e o animal deveria escolher qual a direção e o caminho a seguir. E assim foi feito! A mula depois de vaguear e fazer duas pequenas voltas encaminhou-se para o portão da cidade de Daroca. Então Daroca foi a cidade escolhida.

Os habitantes felizes com o desfecho providenciaram a construção de uma Igreja, para ser a depositária dos preciosos "Panos Sagrados". Num altar especial colocaram os dois Corporais dentro de molduras com vidros protetores, a fim de que os fieis pudessem apreciar e venerar com segurança, as seis manchas com o Sagrado Sangue do SENHOR. Atualmente a Igreja em Daroca onde estão os "Corporais Sagrados" é denominada, Igreja de Santa Maria Colegiada, ou simplesmente “A Colegiada”. Nas paredes foram pintadas cenas admiráveis do milagre, e junto ao altar, existem muitas imagens e estátuas feitas de alabastro, multicoloridas, no estilo medieval.

 

Fonte:http://apostoladosagradoscoracoes.angelfire.com/

 

 
 
 

Artigo Visto: 905 - Impresso: 31 - Enviado: 7

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.630.900 - Visitas Únicas Hoje: 561 Usuários Online: 203