"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
13/01/2020
Em breve o Meu Amado Papa Bento XVI orientará os filhos de Deus a partir do seu lugar de exílio
 

Em breve o Meu Amado Papa Bento XVI orientará os filhos de Deus a partir do seu lugar de exílio

Sexta-feira, 29 de março de 2013, 08h45min.

https://img.elo7.com.br/product/original/14D4889/estampa-de-jesus-cristo-jesus-cristo.jpg

Minha querida e amada filha, hoje será feita história. Embora a Minha Paixão esteja a ser comemorada, ela representará, na verdade, a Crucificação da Igreja Católica.

Nos dias que antecederam a Minha traição, no Meu Tempo na terra, os sacerdotes do dia lutaram de todas as maneiras que podiam para tentar provar que Eu era culpado de heresia.

Eles levaram o que Eu tinha ensinado – a Palavra de Deus – e distorceram-Na. Depois, eles espalharam rumores, contendo mentiras, e disseram que Eu estava a tentar afastar as pessoas dos Verdadeiros Ensinamentos da Igreja. Eles pregaram nos Templos para alertar as pessoas para se afastarem de Mim, a fim de não ofenderem os sumos sacerdotes. Elas foram avisadas de que se continuassem a espalhar as Minhas mensagens seriam expulsas, como leprosos, do Templo Sagrado. Nalguns casos, foi dito aos Meus discípulos que iriam sofrer punição física e que seriam presos.

Enquanto blasfemavam contra o Espírito Santo – eles negaram que Eu falava a Verdade e disseram que a Minha Palavra era de Satanás – continuavam a adorar a Deus, no Templo. Vestidos com roupas de Reis, eles lutavam pelos seus lugares no altar do Templo. Todos os servos humildes ficavam em pé durante horas, enquanto eles se sentavam nas cadeiras que foram preparadas para Reis. O altar estava tão cheio de líderes da Igreja que as pessoas comuns ficavam confusas. Elas eram obrigadas a prestar homenagem a Deus, sendo forçadas a honrar os mais altos funcionários da hierarquia dos servos de Deus. Os sumos sacerdotes exigiam o respeito daqueles que participavam no Templo. Eles exibiam todos os sinais exteriores de amor e humildade, o que deles se esperava, e, porém, vestiam-se e comportavam-se como mestres na Casa do Meu Pai, em vez de servos, como devia ser.

As pessoas tinham medo de ofender os fariseus, quando Me seguiam. Sacerdotes foram intimidados e advertidos de que, a menos que parassem de espalhar a Minha Palavra, seriam despojados dos seus títulos. As pessoas comuns sabiam, se fossem apanhadas a espalhar os Meus Ensinamentos, que a sua própria sorte seria muito pior.

A Crucificação do Meu Corpo na terra completou a primeira parte da Aliança com o Meu Pai, para salvar a humanidade.

A Crucificação do Meu Corpo Místico – a Minha Igreja na terra – começou hoje, o início da perseguição final, como o plano maçônico para contaminar a Minha Casa se torna agora claro para todos os que conhecem a Verdade.

A história vai agora repetir-se, mas a Verdade não será negada. Aqueles que Me negarem, porém, com o tempo voltarão para Mim.

Aqueles que sabem que as profecias preditas – que a Minha Igreja será o alvo final, para afastar do mundo todos os vestígios de Mim, Jesus Cristo – estão a acontecer agora, vão seguir-Me no Meu exército remanescente, que permanecerá fiel aos Meus Ensinamentos até ao fim dos tempos.

Ninguém pode impedir que a Verdadeira Palavra de Deus se espalhe. Ninguém. O reinado na Casa de Pedro será curto, e, em breve, o Meu Amado Papa Bento XVI orientará os filhos de Deus a partir do seu lugar de exílio. Pedro, o Meu Apóstolo, o fundador da Minha Igreja na terra, guiá-lo-á nos últimos dias difíceis, enquanto a Minha Igreja luta pela sua Vida.

O Vosso Jesus. Deus vos abençoe.

Fonte: http://olivroselado.blogspot.com/2013/07/mensagens-marco-2013.html

 
 
 

Artigo Visto: 872 - Impresso: 11 - Enviado: 4

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.879.141 - Visitas Únicas Hoje: 602 Usuários Online: 163