"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
23/09/2018
Uma larva de vida
 

Uma larva de vida

https://deusilusao.files.wordpress.com/2011/10/jesus1.jpg

Escreve, filho:

Como Satanás rasgou Meu Corpo físico, da maneira que é bem conhecida por vós, com torturas atrozes, agora ele dirige seus ataques furiosos contra o Meu Corpo Místico, a Igreja. Como valeu-se de Judas para se opor a Mim, Jesus Cristo, nas mãos dos Meus inimigos, assim se vale agora e se servirá amanhã dos mesmos sacerdotes, para entregar a Igreja nas mãos de seus inimigos. Por meio da Cruz voltou a entrar a vida no mundo. Por meio da Cruz será renovada Minha Igreja. Seja bem notório para todos que não há outros caminhos intermediários. Satanás se lhe derrota opondo-lhe atos opostos que ele pratica. Por orgulho ele se separou a si mesmo de Deus e inúmeras legiões de anjos, que se tornaram seus capangas. Com infinita humildade, Eu lhe arranquei inumeráveis legiões de almas. Satanás está presente na Igreja com o orgulho. Esta é a enorme paixão que como um câncer maligno, devora almas que ocupam posições-chave no Corpo Místico, e sabe-se que o orgulho é "est radix omnium Malorum".("A raiz de todo o mal")

Satanás manobrou de uma maneira que provocou, através dos sacerdotes do templo, os escribas e fariseus, Minha sentença de morte. Hoje a estratégia com a qual ela age é a mesma: ele prepara nas sombras enredos e tramas que levarão o Meu Corpo Místico ao rasgo, como aconteceu com o Meu Corpo físico. Haverá novamente derramamento de sangue.

Satanás, apesar de ser uma criatura com grande inteligência natural e grande poder, no entanto, é sempre limitado. Não poderá alterar sua artimanha, portanto, continuará usando as mesmas do início. É por isso que não é difícil para aqueles que têm fé e um espírito de observação reconhecer seus truques, suas mentiras e suas maneiras de perseguir almas. Nos milênios de sua atividade demolidora nada mudou substancialmente e nada poderá mudar.

Orgulho e escuridão

Sendo assim as coisas, deveria ser fácil determinar sua obra de erosão do Corpo Místico. Como é que a mudança não é percebida, apenas alguns percebem, enquanto muitos nem sequer acreditam?

A crise de fé produz trevas, e na escuridão não se vê os objetos que nos rodeiam. A crise de fé e a falta de vida interior são uma só coisa. Sem vida interior, não há capacidade de agir. A falta de vida interior é falta de vida de graça: quem não vive, não pode fazer nada. Se a fé é tênue, a vida interior torna-se uma larva. Uma larva de vida não lança nem luz para ver, nem força para agir: eis aqui a verdadeira causa da crise sacerdotal.

Imagine o triste espetáculo de uma grande clínica moderna onde faltam médicos e enfermeiros ou, se houvesse algum, não estavam à altura de seu dever. Pois bem, a Igreja é como uma grande clínica na qual muitos doentes não encontram a assistência adequada para suas doenças e, se houver um mínimo de assistência, é sempre inadequada para a necessidade.

É necessário perguntar: se crê ou não nas Palavras do Divino Mestre? Se crê em Sua Divindade? Se crê, ou não se crê em Suas Palavras que, precisamente porque são Suas, não podem mudar, pelo que elas são tão válidas hoje quanto ontem?

Sinais de fé

Releia o Meu Evangelho segundo Marcos: "Jesus apareceu aos onze e lhes disse:" Ide a todo o mundo e anunciai o Evangelho a toda a criação, quem crer e for batizado será salvo, quem não crer se condenará. Estes são os sinais que acompanharão aqueles que acreditam neles: em Meu nome expulsarão demônios, falarão em novas línguas, tomarão serpentes em suas mãos e, ainda que bebam veneno, não os farão mal, imporão as mãos sobre os doentes e ficarão bem." Com isto o Senhor Jesus, depois de falar-lhes, foi elevado ao céu e sentou-se à direita de Deus, eles saíram para pregar em todos os lugares, colaborando com o Senhor e confirmando a Palavra com os sinais que os acompanhavam."

Por que os pastores de almas não agem de acordo com essas palavras? Talvez eles temam que a virtude desta Palavra depois de tantos séculos tenha se tornado estéril? Ou então, acreditam que sua ação pastoral não precisa ser confirmada pelo Céu? Ou porque pensam que milagres sobre os doentes, sobre os mortos, sobre os possuídos, etc., foram um luxo do tempo da Minha Vida terrena e que o mundo atual não precisa mais de prodígios autênticos para iluminar sua noite e sacudi-los do seu torpor? Todo prodígio, Meu filho, como a libertação de um endemoniado, não lhe custa a onipotência do vosso Deus, mas a fraqueza de vossa fé!

Te abençoo, filho, Me ame.

(Mensagem de Jesus de 27 de maio de 1976)

Do livro "Confidências de Jesus a um Sacerdote", de Mons. Ottavio Michelin

Fonte: http://www.santisimavirgen.com.ar/michelini/mensajes.htm

 
 
 

Artigo Visto: 873 - Impresso: 7 - Enviado: 7

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.253.623 - Visitas Únicas Hoje: 1.151 Usuários Online: 162