"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
04/10/2018
O jogo duplo
 

O jogo duplo

https://deusilusao.files.wordpress.com/2011/10/jesus1.jpg

Escreve Meu filho:

Há estruturas não-essenciais, há dispersão de riqueza roubada dos pobres. Isso causa a paralisia que imobiliza um conjunto colossal de obras que não são mais úteis, pelo menos como estão estruturadas hoje.

Filho, não tenhas medo. Sempre te disse que a verdade é uma parte essencial da caridade e não é pelo prazer de expor misérias de todos os tipos, pelo que te digo a razão do fracasso das estruturas da pastoral atual.

Em tudo isso, não podemos ver o duplo jogo de Satanás, que trabalha sem problemas desde o exterior e desde o interior da Igreja.

-Desde o exterior: quem não vê seus instrumentos é cego: comunismo, encarnação de Satanás, e do capitalismo maçônico. na verdade, a burguesia também está terrivelmente rachada pelo radicalismo maçônico, forte pelos seus laços internacionais. São armas com as quais Satanás procura implacavelmente desintegrar a igreja, e não se pode negar que, através de tal dispositivo, ele tem em parte conseguido.

-Desde o interior: Satanás está causando uma tremenda e nunca tão universalizada crise de fé no clero. As consequências são evidentíssimas. Se serve do progresso, da tecnologia moderna, todas ou quase todas ao serviço de Satanás, do mundo seu aliado e de suas paixões. A concupiscência do espírito, isto é, o orgulho, o pecado muito grave da Igreja de vosso tempo, e as concupiscência da carne separaram-se do Corpo de Cristo muitos membros destinados ao serviço do bem comum, sacerdotes e almas consagradas.

Essas manobras são dignas de quem foi o mais belo e o mais poderoso de todos, depois de Deus, e que ainda é poderoso. Mostra-o pela massa gigantesca do mal que trabalha dentro da Igreja e em toda a comunidade humana.

Pecado da preguiça

Diante desse inimigo formidável Eu, vosso Deus, para libertá-lo dele, com infinita humildade, Me fiz homem, imolando-Me na Cruz. Mas agora condiciono vossa salvação à vossa adesão e cooperação ao Mistério da Redenção.

Eu quero uma participação livre e ativa da parte de todos os batizados, não um consenso passivo, como hoje o cristianismo é erroneamente concebido por tantos cristãos. Aqui há um vazio aterrador, causado pela apatia anêmica de tantos cristãos, tão severamente doentes a temer por sua cura.

Esta inapetencia das coisas divinas, esta atrofia da vida sobrenatural é o pecado da preguiça. Os cristãos, que deveriam ser vibrantes de vida, sedentos de luz e verdade, foram reduzidos a tal estado que parecem agonizantes seres perdidos. Estão sem força e sem energia, seja por culpa deles ou por causa dos outros.

O príncipe das trevas, ao intoxicar a Igreja, despojando-a de muitos de seus membros da vitalidade sobrenatural, mantém vivas suas forças, providas de tal ódio que, ao explodir, se verá coisas nunca conhecidas pela humanidade em gravidade e em extensão.

Perdendo tempo

A quem se imputa tal estado de coisas? Para aqueles que abriram as portas para o inimigo, para aqueles que nem sequer acreditam no inimigo, para aqueles que têm permitido uma infiltração exaustiva: se imputa para aqueles que ainda hoje perdem tempo e energia próprias e alheias, que não poderão nunca melhorar uma situação que é necessária para ter a coragem de denunciar como gravíssima.

Esta situação deve ser atribuída àqueles que, apesar de todo o aparato burocrático e de todos os arreios, ainda não encontram o caminho certo, o único caminho para dar de novo o oxigénio à Minha Igreja que agoniza.

Sim, Meu filho, admitindo essa agonia nos induziria a fazer um movimento para trás tão enérgico que impressionaria saudavelmente qualquer um.

Eis como permitiram que as forças do mal reduzissem Meu Corpo Místico!

A Igreja não perecerá

Minha Igreja deveria ser formada por um imenso exército de corajosos filhos de Deus, de corajosos e valentes soldados Meus, vigilantes e ativos. Todos cheios de entusiasmo, todos e não apenas uma pequena elite, armados espiritualmente e encouraçados seriam invencíveis, porque Eu, para assim ser, lhes dei tudo o que é necessário.

Minha Igreja não perecerá! Eu a regenerarei na dor, como na dor, na humilhação e no sangue Eu tenho trabalhado o Mistério da Salvação.

Meu Corpo Místico derramará seu sangue; Eu, sua cabeça, derramei o Meu, e a Igreja, depois de 2000 anos, regenerada e feita nova, retomará o caminho, como Mãe e não-madrasta dos povos.

Reze, Meu filho, e não te preocupes com o julgamento negativo que brotará da presunção. Tal julgamento durará tanto quanto o de uma bolha de sabão.

Te abençoo filho.

(Mensagem de Jesus de 08 de junho de 1976)

Do livro "Confidências de Jesus a um Sacerdote", de Mons. Ottavio Michelin

Fonte: http://www.santisimavirgen.com.ar/michelini/mensajes.htm

 
 
 

Artigo Visto: 739 - Impresso: 10 - Enviado: 1

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.253.686 - Visitas Únicas Hoje: 60 Usuários Online: 141