"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
03/09/2019
A hora da colheita chegou!
 

A hora da colheita chegou!

25/08/2019

https://3.bp.blogspot.com/-po0R8PGh6Ug/TnEVk3l0C2I/AAAAAAAAAWQ/8TxPUVqzliI/s400/Sacred-Heart-white.jpg

Meus filhinhos, chegou a hora da colheita. Lembrai-vos da parábola em que o semeador, o bom semeador deposita o bom grão, mas então Satanás chega e, também, semeia o joio em torno do bom grão. O semeador, pede ao proprietário, que se arranque o joio, lhe responde o proprietário, esperem até que cresçam, aí então, quando se vê claramente qual é o joio e onde está o bom grão, será mais fácil arrancar o ruim e deixar o bom.  

Estais já nesse tempo, onde será arrancado da Terra o joio e lançado ao fogo eterno.

Meus filhinhos, já vos dei muito tempo para que mudeis, muitas oportunidades para viver no Bem, mas a grande maioria de vós não quereis seguir o Bem, preferis seguindo ser o joio, vivendo a maldade ao redor de vosso irmãos. Não quisestes superar-vos, erradicando o mal que trazeis dentro de vós, aproximando-se de Mim, tomando a Minha Palavra, tomando os Meus Mandamentos, levando a Vida, a verdadeira vida no Sacramento da Eucaristia. Não quisestes viver em oração, não quisestes deixar esse mal, para o qual, profetizado está, que, se ainda estivessem nele, morreriam eternamente no fogo eterno. E o que aconteceu, o que aconteceu com vossa alma, não quisestes ajudar vossa alma na vossa salvação. Preferistes as coisas do mundo, o pecado do mundo, vindo de Satanás; Não quiseste deixar tudo o que vos levou ao mal, e não alimentaste a tua alma para viver o Bem que o Meu filho vos ensinou.

Quantas oportunidades tiveste ao longo de vossa existência e não as aproveitou! A vossa negligência, o vosso mal, os venceu. Sabias perfeitamente que está cercado pelo mal, porque também há advertências nas Escrituras Sagradas, que estais no mundo, mas não pertenceis a ele. Viestes para uma missão espiritual, grande, bonita, que era mover as almas de vossos irmãos para a salvação eterna, mas começando pela vossa. Deverias ter seguido o que Meu Espírito Santo ditava dentro do vosso coração, e Ele iria levá-lo à Verdade Absoluta, que só vem de Nós, de Nossa Santíssima Trindade. Mas, não, a grande maioria de vós preferiu as alegrias do mundo, não quisestes vencer a si mesmos, vivendo primeiro os Mandamentos que Meu Pai lhes deu no passado. Não se deixastes levar pela Palavra, pelas Minhas Obras, que Eu deixei quando desci e estive entre os homens. O vosso coração não se comoveu nem  quando Me entreguei por vossa redenção. Não meditastes nas Minhas Dores tudo o que Me deixei fazer por vós.

Imagine o Meu Rosto ensanguentado, cheio de cuspe, inflamado pelos golpes dos soldados e pelas bochechas quebradas. Depois, Minha flagelação, um açoitamento fora do comum, porque Me deram muito mais açoites do que normalmente deveria. Minhas Carnes rasgadas, sangrando, sofrendo. Meus ossos podiam ser vistos através de Minhas Carnes, que estavam rasgadas; praticamente, não havia lugar saudável em todo o Meu Corpo. Dores extremas, que nenhum ser humano teria sofrido, mas o que mais Me machucou, foi o conhecimento de que a grande maioria de vós, no futuro, não ficaria emocionada com tudo isso, não mudaria de idéia e continuaria a cometer erros, e falhas graves, que danificariam ainda mais todas as feridas do Meu Corpo, mas acima de tudo, da Minha Alma.

Que coração duro tens, Meus filhinhos, quanta dor Me causa! E tudo por ter uma vida dissipada e pecaminosa e sem sequer ter um desejo futuro de mudança.

Depois disso, haveis tido a oportunidade de Minhas Aparições, de Meus Milagres ao longo da história e de Minha Mãe, a Sempre Virgem Maria, ajudando-Me a convencê-los a mudar de vida, a se arrepender e voltar para Mim, mas vós não mudais. E vossos pecados estão cada vez piores, o vosso coração está tão ruim que até Me acusam pelo que acontece com vós. Blasfemais contra Mim, porque não podeis ter ou não quereis viver uma vida boa, culpando-Me pelas vossas limitações e, a Mim nem sequer Me haveis procurado para mudar de vida, confiando em todos os ensinamentos que vos deixei.

Quereis que vos tolere, quando vós viveis em pecado grave, Estais Me dando as costas em todos os momentos. Dão as costas aos Meus Mandamentos, as Minhas Leis e sobre tudo, ao Meu Amor, e ainda assim querem que Eu vos tolere. Não Meus filhinhos, isto não.

Tivestes muito tempo para mudar, para refletir, para que vossos corações se doessem ao ver Minha Doação por vossa salvação e nem isso aproveitastes. O Tempo chegou. Os que entenderam serão tomados, os que não quiseram entender, serão deixados.

Vinde, abençoados do Meu Pai, porque fostes misericordioso Comigo, o vosso Salvador. Me haveis acompanhado nos bons e nos maus momentos, nas Minhas Dores e nos Meus belos momentos, compartilhando Minha Palavra, Meus Milagres e Meu Amor.

Sereis os que gozarão o novo tempo que virá, sereis boas sementes, iniciareis um novo tempo, onde, tudo será amor, harmonia, vida plena, paz, infinidade de dons que derramarei sobre vós em Nossa Santíssima Trinidade.

Ide em frente, Meus filhinhos, e continuai rezando pelas almas, para que algumas ainda possam ser tocadas por Minha Graça e Eu possa salvá-las.

Vos abençoo, Meus filhinhos, e levais a todos aqueles a quem queirais e os trazeis ao Meu Coração. Obrigado, Meus filhinhos.

Fonte: http://diospadresemanifiesta.com/2019/08/25/ago-13_19-le-dais-la-espalda-a-mis-leyes-mandamientos-y-sobre-todo-a-mi-amor-y-aun-asi-quereis-que-se-os-consienta-no-mis-pequenos-ya-no/

 
 
 

Artigo Visto: 861 - Impresso: 15 - Enviado: 2

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.672.579 - Visitas Únicas Hoje: 1.484 Usuários Online: 254