"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
09/10/2019
CAOS NA DOUTRINA NA MORAL E NA LITURGIA
 

CAOS NA DOUTRINA NA MORAL E NA LITURGIA

https://deusilusao.files.wordpress.com/2011/10/jesus1.jpg

Continuemos, Meu filho, Sou Eu jesus, escreva.

Nestas últimas mensagens, que têm o título Coisas e fatos da Minha Igreja, tive que te falar de caos, e verdadeiramente é o caso de falar sobre o caos na doutrina, na moral e na liturgia.

Tentou-se mudar tudo, mas mudar tudo no sentido anticonciliar, porque esta é a substância dos fatos, e tu sabes muito bem o que a palavra "substância" significa ... a "substância" está sujeita a acidentes e, portanto, não pode ser vista. , apenas acidentes são vistos. Assim, a intenção de agir em contraste com o Concílio deve ser igualmente bem escondida, e bem evidente deve aparecer a vontade de reformar tudo de acordo com o Concílio, para que todo o trabalho de regeneração espiritual, tão calorosamente amado e recomendado pelo Concílio torne-se uma ação solvente da grande herança da Revelação e de toda a Redenção.

Aqui está, sob os mais falsos pretextos, a razão para reivindicar um grande número de erros teológicos, dogmáticos e morais com os quais a Bíblia foi atacada substancialmente, a ponto de que seria suficiente aceitar apenas algumas das muitas heresias que alegam para derrubar toda a credibilidade da própria Bíblia, e golpeada mortalmente a Bíblia, logicamente não se sustentaria já nem sequer o Evangelho com todo o seu conteúdo.

Portanto, caos doutrinário e nenhum esclarecimento ou descoberta de novas facetas das Verdades Bíblicas ou Teológicas, mas aqui não se requiriria uma simples mensagem, mas um tratado abrangente para melhor esclarecer o número e a substância de todos os erros e de todas as heresias saídas dos lábios escuros de muitos teólogos modernos!

Verdade e justiça prevalecerão sobre mentiras e hipocrisias

Caos doutrinário forçado ao paroxismo em nome da liberdade de pensamento e de palavra. Como se a liberdade fosse algo que pode ser usado sem discriminação, seja para o bem ou para o mal, para a Verdade como para o erro.

Na Minha nova Igreja, esse abuso de liberdade deve cessar; não era para restringir a liberdade o proibir a disseminação de heresias que tendem a tirar almas do plano e do mistério da salvação; não, era apenas para conter em seu justo uso o dom da liberdade; assim como não é ruim proibir e punir severamente aqueles que, em nome da liberdade, gostariam de espalhar bactérias que carregam morte e heresias, não levam por acaso a morte às almas, cuja vida é muito mais preciosa que a vida dos corpos?

Quando os homens decidirão finalmente abrir seus corações e espíritos ao Bem e à Verdade e tomar consciência da condição humilhante em que vivem?

Eles falam de liberdade e estão vinculados de coração, alma e corpo à tirania mais feroz, a de Satanás.

Na Minha nova Igreja, medidas disciplinares devem ser restabelecidas para aqueles que abusam da liberdade, dom de Deus, para lançar o homem na sujeição humilhante e incapacitante aos poderes do mal.

Muitos, lendo esta mensagem, seguindo o exemplo dos Sacerdotes do templo, rasgarão suas roupas e gritarão escandalizados com blasfêmias, mas isso não importa, o que realmente conta é que a Verdade e a Justiça prevaleçam sobre a mentira e a hipocrisia.

Para muitos ministros Meus, já não há mais pecado!

Meu filho, caos, oh sim, caos na Lei da Minha Igreja, pelo que hoje para muitos ministros Meus, já não há mais pecado, dar a vida ou tirá-la é a mesma coisa!

Muitos ministros Meus comunistas assíduos e leitores atentos de revistas e jornais marxistas pensam substancialmente dessa maneira e alguns Bispos também pensam assim.

Para aqueles, é lícito até a legalização do massacre de milhões de inocentes ... mas isso grita vingança diante da presença de Deus e talvez eles mudem de idéia quando perderem suas vidas, mas será tarde demais para entender quanto vale a vida de uma criatura humana.

Meu filho, mais que caos! Até os Bispos mantiveram o semblante diante da mais infame dentre todas as leis humanas, na qual o "amor carnal" foi confundido com o amor enviado por Deus como suprema Lei, que contém toda a Antiga e a Nova Lei, degradando esse grande Mandamento com as mais sujas concessões no campo moral, colocando no mesmo nível o lícito e o ilícito, o bem e o mal, contra a inequívoca claridade e limpidez de Meus Mandamentos e Preceitos.

Se isso não é caos, o que deveria ser chamado de caos?

Filho, vejo que estas cansado; Continuaremos amanhã, agora Eu te abençôo e contigo abençôo todos aqueles que colaboram na redação deste VI volume e Comigo te abençoa Minha Mãe, porque Ela também se reserva a falar contigo.

(Mensagem de Jesus de 15 de novembro de 1978)

Do livro "Confidências de Jesus a um Sacerdote", de Mons. Ottavio Michelin

Fonte: https://www.santisimavirgen.com.ar/michelini/mensajes.htm

 
 
 

Artigo Visto: 877 - Impresso: 11 - Enviado: 2

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.732.155 - Visitas Únicas Hoje: 968 Usuários Online: 255