"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
01/11/2019
CAOS NA LEI - III
 

CAOS NA LEI - III

https://deusilusao.files.wordpress.com/2011/10/jesus1.jpg

Meu filho, pegue novamente a caneta e escreva.

Na Minha Lei está escrito "não roubarás": na realidade, todo o comércio que se desenvolve hoje no mundo está entrelaçado com fraudes; e mesmo aqueles que se consideram bons e honestos não têm escrúpulos em praticá-lo regularmente, diz-se "todos fazem", mas o fato de que o mal ter se espalhado tanto que se tornou geral é motivo de mais pesar, nunca de justificação!

A fraude contínua é um pecado contra a justiça, é um pecado que, por sua natureza, exige como reparação a restituição do roubado, e quem não o cumpre fica exposto ao sério risco de comprometer sua salvação eterna.

O mal, de qualquer natureza, perturba e desorganiza o corpo social entre cujos membros se cumpre. É por isso que Minha Igreja foi amada e colocada no mundo, precisamente para recompor o equilíbrio certo nas almas, para iluminá-las, cuidar delas e curá-las, e somente assim elas trabalharão para o bem social comum.

"Materialismo" a heresia que contém em si todas

Na Minha Lei também é dito "não cometerás atos impuros", mas neste campo o caos está completo; Não há barreiras, o mal se espalha como um rio numa inundação e infectou toda a sociedade humana, apenas as almas nas quais a fé está verdadeiramente viva e operante se tornaram imunes.

Qual é a causa de todos os males dos quais a humanidade atual é afetada?

O materialismo, a concepção materialista da vida. Esta é a heresia que contém todas as outras heresias; Essa é a heresia da qual os poderes do inferno usaram para cercar a humanidade, tendo obtido um sucesso incontestável.

A responsabilidade do cristianismo é grande precisamente porque falhou em reagir com todas as forças de que dispunha a esse grande perigo para as almas, diante dessa colossal manobra; as armas não foram empunhadas com a devida prontidão e não responderam com a energia necessária; por isso, há chegado o estado atual das coisas; a divisão das várias Igrejas Cristãs, eis por que tive de dizer-te em uma mensagem anterior que a crise atual tem suas raízes nos séculos passados; o processo de industrialização, que quebrou a compaginação familiar e há afastado de Deus os homens com a propaganda marxista marteladora, que gradualmente conseguiu extinguir a fé nos corações ...

Eis aqui, que esta grande crise que teve o seu início no passado e que hoje atingiu o seu nível mais elevado e que em breve será completamente apagado da face da terra, de modo que dentro de vinte anos será extinto até mesmo a sua memória.

Toda a Lei de Deus, por outro lado, que hoje está abalada como por um grande terremoto, permanecerá, eterna e imutável como Eterno e Imutável é Deus.

A missão do Sacerdote é missão religiosa

O caos na Lei é tal que os homens, como declarado em mensagens anteriores, perderam até o senso do bem e do mal; sacerdotes desnaturados que perderam toda a sensibilidade moral e já não têm mais em si nada de cristãos; a blasfêmia tornou-se uma ocorrência comum; a conversação obscena agora já como a blasfêmia; quão frequentes os pleitos, que não raras vezes, chegam as mais cruéis violências; livros e revistas pornográficos deixados como alimento para crianças, mesmo desde a mais tenra idade; a linguagem cada vez mais grosseira e trivial; a infidelidade conjugal comumente aceita e freqüentemente consumada com consentimento mútuo ... em um grande número de famílias o conceito do bem e do mal foi realmente cancelado ...

Tudo isso, e muito mais, é o produto do materialismo que penetrou até nas estruturas da Igreja, ainda que de outras formas, mas sempre venenosa e mortal, de modo que os sacerdotes impregnados de ideologias materialistas são como se tivessem mudado a natureza, pois com a mesma facilidade eles absolvem tudo e a todos.

Não se surpreendam com essas declarações, porque para muitíssimos sacerdotes apenas os problemas sociais são importantes, os quais neles têm precedência sobre todos os outros. É aqui que o sacerdote desnaturaliza o modo de conceber o sacerdócio, o modo de "ser sacerdote".

O sacerdote é Outro Cristo, e Cristo, Sumo Sacerdote, veio à Terra para salvar almas da tirania do Inferno.

É por isso que a missão do sacerdote não é uma missão política ou sindical, mas "religiosa", toda dirigida ao único bem espiritual das almas!

Muitos sacerdotes desertaram; muitos se desviaram; muitos estão imóvel em sua vida sacerdotal, porque as realidades mundanas em que eles estão imersos fizeram com que eles perdessem de vista o verdadeiro motivo de seu sacerdócio e sua vocação, e tudo porque em um determinado momento lhes há faltado o influxo da Graça, que é o fruto da fé viva e operante e de sincera piedade, isto é, o fruto da vida interior, pelo que, secando-se essa fonte, todos os desvios e degenerações da vida sacerdotal se tornam compreensíveis.

Eis aqui algumas conseqüências no mundo eclesial do caos da Lei, que parece como seca e incapaz de alcançar seu propósito.

Por esta manha chega, Me ame, te abençoo, reze e repare.

(Mensagem de Jesus de 17 de novembro de 1978)

Do livro "Confidências de Jesus a um Sacerdote", de Mons. Ottavio Michelin

Fonte: https://www.santisimavirgen.com.ar/michelini/mensajes.htm

 
 
 

Artigo Visto: 698 - Impresso: 7 - Enviado: 2

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.774.520 - Visitas Únicas Hoje: 759 Usuários Online: 199