"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
21/04/2015
A CONVERSÃO DOS JUDEUS
 

A CONVERSÃO DOS JUDEUS

21/04/2015

Rabino Yitzhak Kaduri confirma que Jesus é o Messias e retornará após a morte de Ariel Sharon

https://i.ytimg.com/vi/lwN1QXDujp0/hqdefault.jpg

Antes um pouquinho de história para entenderem melhor. Ela dá conta de que este Rabino Kaduri, que faleceu em 28/01/2006 aos 108 anos de idade, deixou escrito um bilhete, que deveria ser aberto apenas um ano depois de sua morte. Quando seus filhos abriram o bilhete nele estava escrito: Jesus é o Messias!

http://www.news1.co.il/uploadimages/NFC-590923488140107.jpg

http://www.news1.co.il/Thumbs/200/NFC-900982081890107.jpg

Esta revelação levantou muita polêmica, e a tentaram desmentir de todas as formas, inclusive gente da família, alegando que a letra não era dele, entretanto, com absoluta certeza um homem com esta idade já não tem mais pulso para uma caligrafia uniforme. Ele era considerado o mais importante Rabino vivo, um homem santo, do qual se apregoavam muitos milagres. Mas sua família concorda que ao final da vida ele vivia falando no Messias. Ele dizia que o Messias apareceria após a morte do primeiro Ministro de Israel, Ariel Sharon, que esteve muitos anos em estado de coma, e veio a falecer em 11/01/2014.

Vemos agora que as revelações dele estão pegando fundo no povo Judeu, que tem se voltado para estudar o Novo Testamento, escrito na totalidade também por judeus, onde as revelações comprovam, letra por letra, que em Jesus se cumpriram todas as Escrituras e os profetas antigos.

O texto que revela o nome do Messias diz:

Ele aliviará ao povo
e provará que sua palavra e lei são válidas.
Isto é o que registrei no mês da clemência,
Yitzhak Kaduri

A oração hebraica (traduzida acima) ocultando o nome do Messias lê-se assim:

Yarim Ha'Am Veyokhiakh Shedvaro Vetorato Omdim.

As rubricas soletram o nome hebreu de Yoshua , Yeshua que são efetivamente o mesmo nome, derivam da mesma raiz hebraica da palavra “salvação”, como documentado em Zacarias 6:11 e Ezra 3:2. (...)

Vejamos o texto, com a Tradução de Luiz, desde Inglaterra.

Noticias de Israel revelam alarmante reprise da história, “o revivalismo do Kaduri” está explodindo como nunca antes visto.

Rabbi Yitzhak Kaduri afirma que numa visão encontrou o Messias. Eles chamam isto de 'Revivalismo Kaduri' e relatórios dos últimos meses confirmaram que os ensinamentos de um dos rabinos mais venerados em Israel estão levando os judeus a outra vez aceitar Jesus Cristo como o Messias.

Enfrentar a perseguição.

O pregador batista e apresentador de rádio Carl Gallups diz que a situação que os judeus messiânicos enfrentam neste momento em Israel é 'recordativo do que lemos no Novo Testamento nos primeiros dias da Igreja'. 'Nesse tempo', disse ele, 'os judeus que aceitaram a fé cristã foram perseguidos'. E hoje 'eles enfrentam as mesmas dificuldades e perseguições que a Igreja dos primeiros dias enfrentou'.

Gallups é o autor do livro “Aviso Final: entendendo as trombetas dos dias do apocalipse”, que bateu o top 100 dos melhores livros da lista do Amazon e um número crescente de líderes políticos e comentadores da media estão abertamente a falar sobre os fins dos tempos.

Mas Gallups acredita que um dos aspectos menos noticiados desta discussão é o crescimento do judaísmo  messiânico em Israel. Uma das figuras chave neste movimento é o rabino messiânico Zev Porat dos Ministérios Messias de Israel. Porat ganhou outro convertido durante a Pascoa quando um judeu de nome Yechezke proclamou a sua crença no 'Yeshua' ou Jesus. Yechezke exclamou 'Esta é a minha primeira Pascoa real. Agora eu sei que Yeshua é o Cordeiro Pascal'.

Porat explicou, 'A salvação de Yechzke na Festa da Páscoa é mais uma confirmação de que nós estamos mais perto do que nunca do retorno de nosso Senhor e Salvador Yeshua o Messias.

O principal recurso que Porat e outros judeus messiânicos estão a usar no seu evangelismo é o livro de Gallups, “O rabino que encontrou o Messias: a história de Yitzhak Kaduri e as suas profecias dos fins do tempo”. É sobre o mais venerado líder espiritual, Rabino Yitzhak Kaduri, que morreu em 2006 com a idade de 108, deixando para trás uma mensagem para os seus seguidores, declarando que o nome do Messias era Yehoshua – o nome formal para Yeshua, ou Jesus, em grego.

Gallups diz que esta revelação chocante foi escondida pela media – e que se ele não tivesse contado a história, mais ninguém o teria feito.

'Eu escrevi o livro porque sabia que esta história tinha que ser contada', disse Gallups. 'Dá-me a impressão de que a media nos Estados Unidos, assim como em Israel, não iriam noticiar o muito conhecido fato de que o mais venerado rabino na recente história de Israel tinha deixado um bilhete dizendo que Jesus era o Messias real. Para além de ter deixado este bilhete, ele também tinha deixado o dobro dos seus estudantes Yeshiva que agora professam Jesus como Messias e Senhor e revelando que Kaduri lhes tinha mostrado estas revelações nos seus ensinamentos privados'.

E continuando, 'Eu suponho que isto tudo foi simplesmente demais para a maioria da media secular admitir. Eu sabia que seria muito criticado por ter noticiado a história e expondo o que a media pensava ter abafado. Mas eu senti a presença forte do Senhor em como esta ação tinha que ser cumprida – que a história de Kaduri tinha que ser revelada para o mundo. Agora, vendo o que se está a passar, principalmente em Israel, é às vezes chocante.'

Gallups também acredita que a crescente aceitação de Jesus Cristo em Israel é parte do mesmo fenômeno dos fins dos tempos que ele discute no seu livro, “Aviso Final”.

'Eu falo com o Zev Porat muito frequentemente', revelou Gallups. 'Ele assegura-me que ele acredita que o 'revivalismo Kaduri', como ele o chama, não vai parar em nenhum tempo próximo. Zev afirma que enquanto mais judeus são salvos e professem que Jesus é o Messias, eles também estão partilhando as suas revelações e a sua nova fé com amigos e familiares.'

'Mas há muitas pessoas que atacam o Zev e o seu ministério – ameaçam-no mesmo. Isto era de esperar, penso eu. O tempo de satanás é curto e eu acredito que o 'revivalismo Kaduri' é parte do desenrolar dos dias finais na aproximação da volta do Senhor'.

O próprio Porat afirma, 'o reavivamento Kaduri está explodindo como nunca antes visto. Nós damos toda a gloria ao Leão da tribo de  Judá – Yeshua o Messias.'

Porat tem levado a sua mensagem por todo o Israel, mesmo em comunidades muçulmanas que são hostis para com estrangeiros. No entanto, o maior obstáculo que Porat e outros judeus messiânicos enfrentam é a resistência vinda da facção cujos membros acreditam que a aceitação de Yeshua como o Messias judeu constitui uma traição da identidade judaica.

'Por esta razão', diz Gallups, 'o último ensinamento do rabino Kaduri é critico porque mostra que Jesus não é um inimigo para a tradição e identidade judaica, mas o seu cumprimento'.

'A beleza da história do rabino Kaduri é que abre as portas para os judeus começarem a cuidadosamente compararem a Tenach com a documentção do  Novo Testamento quanto ao cumprimento das profecias messiânicas do Tenach em Jesus – Yeashua', explicou Gallup.

'Uma vez que tenham visto com os seus próprios olhos que Kaduri nomeou Yeshua como o Messias, eles irão muito provavelmente ter que olhar para os documentos do Novo Testamento'.

'O bilhete que Kaduri deixou depois da sua morte apenas confirmou o que vários estudantes de Kaduri já sabiam e que agora atestam abertamente – Kaduri sabia e ensinou que o Yeshua é o autentico  e bíblico Messias.'

Gallup observa que o exemplo de Yechezke é típico de como o revivalismo Kaduri se está a desenvolver em Israel. Yechezke estava 'cheio de perguntas', mas 'como tantos outros judeus ortodoxos, ele simplesmente não sabia o Novo Testamento no seu contexto e particularmente aquelas passagens que tinham uma conecção especifica com as profecias e revelações da vinda do Messias.'

'Ao abordar as Escrituras através de um contexto judaico', Gallup acredita, 'muitos judeus podem aprender que seu Messias já chegou.'

'A maioria dos judeus está absolutamente espantada em descobrir que o Novo Testamento foi escrito maioritariamente por escritores judeus e escritos especificamente para uma Igreja primitiva que era inteiramente judaica durante os as duas primeiras décadas', disse Gallup. 'Eles estão ainda mais surpreendidos em aprender que os fariseus judeus e os padres do tempo do Novo Testamento também proclamaram que Jesus era o Messias e seguiram-No como dedicados crentes. Quando eles finalmente têm a oportunidade, depois de maioritariamente terem sido negados a sua vida inteira a comparar as profecias messiânicas claras do Tenach com o cumprimento do Novo Testamento em Jesus Cristo, eles normalmente ficam chocados.

'E a descoberta do Messias Yeshua pelo povo judeu', Gallups acredita, 'é mais um sinal de que os crentes deveriam reconhecer que o fim está próximo'.

'Estes são tempos proféticos que estamos vivendo', disse ele, 'este reavivamento é um fenômeno sobrenatural.'

O uso das informações do livro por parte de Porat tem sido o de levar a mensagem de salvação para os muçulmanos, para os judeus ortodoxos do Muro do Oeste nas ruas de Jerusalém, Telavive e outros lugares. Ele tem levado o Evangelho ao estrangeiro e continuamente olha para oportunidades de ministrar o Evangelho de Jesus o Messias aos muçulmanos.

As descobertas sobre o Kaduri continuam altamente controvérsias em Israel, com a própria família de Kaduri afirmando que o bilhete do falecido rabino era uma falsificação e que outras pessoas nos círculos judaicos ignoraram-no completamente. Gallup estabelece o caso para a legitimidade de Kaduri e a identificação de Yeshua como o Messias Judeu no livro 'O rabino que encontrou o Messias' e do DVD com o mesmo título. (Fim)

COMENTÁRIO DE ARNALDO HAAS

São inúmeros os sinais que indicam a iminente conversão deste povo. Jesus mesmo afirmou que a Palavra seria retirada deles, que não acreditaram, e assim seria até que se completasse o tempo das nações pagãs, para quem Deus direcionou seu testamento, enquanto parte de Israel se convertia e tratava de converter os pagãos, outra parte permaneceu na dureza até os nossos dias. Mas esta dureza acabará por ser pregada, e quem sabe a totalidade de 100% deste povo, que vive ainda a Antiga Aliança, não se converta, mas a maioria sim.

Na Carta aos Romanos, São Paulo assim descreve em 11, 25. Não quero, irmãos, que ignoreis este mistério, para que não vos gabeis de vossa sabedoria: esta cegueira de uma parte de Israel só durará até que haja entrado a totalidade dos pagãos. 26. Então Israel em peso será salvo, como está escrito: Virá de Sião o libertador, apartará de Jacó a impiedade. 27. E esta será a minha aliança com eles, quando eu tirar os seus pecados (Is 59,20s; 27,9). 28. Se, quanto ao Evangelho, eles são inimigos de Deus, para proveito vosso, quanto à eleição eles são muito queridos por causa de seus pais. 29. Pois os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis.

Ou seja: são mais de 1950 anos que nos separam deste texto de São Paulo, que agora estão em vias de se realizar. Ele fala no retorno da totalidade dos pagãos, mas isso não nos deve fazer crer que se trata de outras religiões e outros credos, como maometanos e budistas, mas sim daqueles que têm conhecimento de Jesus, e que formam o povo eleito, povo santo, povo de Deus. O Próprio Catecismo da Igreja Católica afirma que, para que aconteça o Retorno Glorioso de Jesus, é preciso que ANTES, ocorra a conversão deste povo, desta parte do povo judeu que continua na lei antiga, para que juntos caminhem na direção do Novo Reino.

Também o profeta Zacarias, prevê assim em 12, 9. Naquele dia, procurarei exterminar todo o povo que vier contra Jerusalém. 10. Suscitarei sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém um espírito de boa vontade e de prece, e eles voltarão os seus olhos para mim. Farão lamentações sobre Aquele que traspassaram, como se fosse um filho único; chorá-lo-ão amargamente como se chora um primogênito! 11. Naquele dia haverá um grande luto em Jerusalém, como o luto de Adadremon no vale de Magedo. 12. A terra inteira celebrará esse luto, família por família; a família da casa de Davi à parte, com suas mulheres separadamente;

Vejam que o verso 9 acima, diz que Deus procurará eliminar a todos os povos que ousarem atacar Jerusalém e este é mais um sinal que será dado a este povo, em reforço aos outros sinais que já estão acontecendo. E como temos ouvido amiúde sobre “guerras e rumores de guerras”, como Jesus previu, vemos as constantes escaramuças que se dão em torno de Israel, as ameaças constantes dos povos vizinhos em exterminá-los, e esta tentativa deles um dia acontecerá. O próprio Deus estará à frente de Israel, e infligirá aos invasores uma fragorosa derrota. Quem tiver tempo deve ler os capítulos 11 a 14 de Zacarias, porque eles são para hoje, para o nosso tempo.

Alias, dentro destes mesmos capítulos o leitor encontrará os indicativos para um falso pastor que Deus haveria de suscitar na terra, e sobre o afastamento de um bom pastor, depois do qual haveria o extermínio de 1/3 parte da raça humana, e a purificação do restante, até sobrar um só povo, um só rebanho, uma só religião, uma só fé, e um só Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo, Pastor Eterno. Isso tudo para compreenderem como todas estas profecias confluem para um só ponto, um só epílogo, que se dará na batalha que estamos enfrentando, e que se tornará luta encarniçada em breve.

De fato, a eleição de um destruidor, a expulsão do Santo, a ação demolidora da Besta que atua dentro da Igreja, a Terceira Guerra Mundial que se aproxima e também o retorno do Povo Judeu a partir de 1948 com a criação daquele Estado Livre, e finalmente a conversão da parte do povo judeu que ainda permanece na lei antiga, tudo isso é para hoje, agora, estamos vivendo e veremos se realizar diante dos nossos olhos. Naturalmente não existem datas que fazem concluir todas estas deflagrações, mas seguramente temos indicativos de tempo que não falharão desta vez, e que nos apontam para os próximos anos.

Considerem a idade avançada de Sua Santidade o Papa Bento XVI, que estará ativo ainda no olho do furacão que se aproxima, também a má saúde de Bergóglio que lidera o cumprimento de parte do Apocalipse 13, também a proximidade dos 100 anos de Fátima, e ainda os 70 anos da criação de Israel, tudo isso grita, 17, 18, 19, que se pode contar também dos sete anos a partir de 15/02/12 conforme profecia de Daniel.

Em síntese, entretanto é a idade avançada de Bento XVI o maior sinalizador de proximidade dos eventos finais, porque sendo a profecia de São Malaquias verdadeira – como de fato é – ele foi o último Papa eleito validamente pelos cardeais, porque o Último Pedro Romano, conforme as mesmas profecias, será nomeado, melhor dizendo, virá do Céu.

Por último, vou deixar todos com uma pontinha de curiosidade, porque algo acontecerá, de maravilhoso e de espantoso, que contribuirá para a conversão da Casa de Israel, e que cumprirá aquela Palavra de Jesus: Não os temais, pois; porque nada há de escondido que não venha à luz, nada de secreto que não se venha a saber. (São Mateus 10, 26). Mas isso é segredo, que revelará inúmeros segredos, algo que talvez nunca será revelado ao público, e muito poucos terão dele conhecimento. Importante é conhecer estas passagens bíblicas, o mais Apenas afirmo, tudo isso acontecerá aos nossos olhos.

A Casa de Israel ressuscitará, e caminhará junto com a Santa Igreja Católica para o Novo Reino. Um só rebanho, Jesus o Pastor! Há um entrave ainda para o qual devemos ter atenção e que é uma pedra pesada neste caminho final. Falo do aparecimento do anticristo, ao qual nesta euforia parte de Israel acabará aceitando como Jesus que retorna na Glória. Mas este erro se dará por pouco tempo, e ficarão com a fera somente aqueles que pertencem à sinagoga de satanás, os que dizem ser judeus, mas não são. Os demais, que ainda estiverem vivos naquele dia, estarão com Jesus.

...E quem não estiver 100% com Ele, também não estará vivo, nem aqui !

 

Fonte:http://recadosdoaarao.com.br

 
 
 

Artigo Visto: 1545 - Impresso: 42 - Enviado: 15

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.141.868 - Visitas Únicas Hoje: 1.145 Usuários Online: 243