"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
14/10/2018
URNAS DA GOZAÇÃO
 

URNAS DA GOZAÇÃO

Não existe fórmula mais fácil de se comprar uma eleição: basta não ter moral alguma!

https://staticr1.blastingcdn.com/media/photogallery/2017/8/2/660x290/b_620x273/urna-eletronica-sorria-voce-esta-sendo-enganado_1488185.jpg

Eu sou um simples leigo em informática, nem quero ser um expert neste sentido, mas com a minha pouca experiência eu posso afirmar, com a maior garantia, que ali se esconde um infinito em maracutáias. Para aqueles que entendem de programação, especialmente para os chamados hackers, a urna eletrônica utilizada nas eleições no Brasil é um escândalo. Já viram como nações gigantescas jamais se utilizaram deste meio, sabendo que elas têm condições e maior capacidade de implantá-las e, entretanto as rejeitam como gozação? Pois mais uma vez nós somos motivo de gozação internacional: nossas urnas são uma peneira de mil furos.

Tomem os grandes depositários de dados, como o google e outros, nos quais arquivamos nossos e-mail. Ora, eles têm tudo em suas mãos, inclusive nossas “senhas”, e somente não as usam para o mal, porque preservam, ainda – ou procuram preservar porque lhes interessa financeiramente – apenas como fachada de segurança e bem. Mas no momento em que bem o quiserem, podem fazer uso de nossos dados ao bel prazer. Eu sempre soube disso, desde o primeiro instante em que vi um computador. Lembro ainda, quando jovem, bem antes de ele ter sido inventado, quando tive a intuição de toda a sua mecânica.  Mas quantos se deixam enganar?

Mas falamos em eleições! Eu acabo de assistir a um vídeo, estarrecedor, absolutamente terrível, onde a famosa Jornalista Joice Hasselmann – recém-eleita a deputada federal com a maior votação de todos os tempos – faz uma denúncia gravíssima que se comprovada, como diz ela, fará alguém de dentro do Superior Tribunal Eleitoral sair de lá algemado. Já perceberam a fúria inusitada e escandalosa com que o próprio Supremo Tribunal Federal defende as urnas eletrônicas, a despeito das provas seguras, feitas por analistas de sistema de alto gabarito, de que elas podem ser fraudadas com a maior facilidade, basta que alguém deseje COMPRAR uma eleição?

Meu Deus, os hackers já provaram que tudo que é eletrônico pode ser fraudado e que mesmo os mais seguros e bem guardados depósitos de dados, mais dia, menos dia, são invadidos por eles, que só não provocam estragos maiores, porque fazem seus ataques como gozação, apenas para rir da cara das “seguranças” que eles criaram, e desmascarar seus criadores. Simplesmente NÃO EXISTE segurança absoluta na internet. Como já disse, mais dia, menos dia, estes experts conseguem descobrir um meio de adentrar nos sistemas mais sofisticados, porque são obstinados, perseguem seu objetivo por dias, meses e anos de intensa busca, até conseguirem, como é o caso famoso de Julien Assange  e seu vitileaks.

De acordo com o TSE o Brasil tem hoje 23 mil sessões eleitorais e cerca de 530 mil urnas eletrônicas que se espalham por todas estas sessões e até o exterior. Digamos que alguém queira fraudar estas urnas, seria possível? Sim, sem dúvida, o único problema é que este seria um processo demorado e dificilmente poderia ser feito com precisão, devido aos diferentes estados, diferentes regiões, diferentes candidatos, embora possa ser feito SIM, em menor escala, concentrando nas regiões de maior volume de votos. Entretanto, mesmo assim, isso depende de um conluio, de algum acordo espúrio, onde entrem altas somas de dinheiro, e proteção dos autores, e isso nos leva afirmar: é impossível que, dentro do TSE, ou do STF, não existam pessoas mancomunadas com estes hackers.

Mas tem um modo simples, mais direto, mais fácil, que somente depende de alguém “abrir a porta”, ou seja, alguém divulgar a senha do servidor do TSE, para que, minutos antes da apuração, alguém abra a porta e permita que o hacker introduza um programinha malicioso dentro do sistema, que fará o que for combinado com quem pagará a fatura – ou seja, comprará a eleição – elegendo quem eles quiserem. E, claro, com a mesma senha, depois de terminada a apuração, o mesmo hacker retira do sistema o programa malicioso, apagando seus rastros. Ou ainda, o hacker pode programar seu ladrão, para se “esconder” caso esteja sendo vigiado. Policia Federal, por favor rastreiem os ativos de todos os funcionários do TSE, porque sem dúvidas ali se esconde um “espião” traidor.

Na denúncia de Joice, consta que este hacker, considerado o melhor do mundo, hoje riquíssimo com suas fraudes, já fez negócios tanto com a eleição de Lula, quanto a de Dilma. Qual é o suporte para conseguirem a burla e ficarem disfarçados sob uma aura de legitimidade? Basta antes comprar as pesquisas, porque os tais maléficos institutos sabem das tendências dos eleitores, e assim conseguem induzi-los até porque uma larga faixa deles não quer “perder o voto” e vota mecanicamente naquele que está na frente das “pesquisas”. Ora o que aconteceu nas eleições do primeiro turno? Perceberam a desfaçatez do Ibope e Datafolha? Perceberam, também, como o TSE tardou em abrir os sistemas? Quem duvida de que tiveram que fazer algum ajuste no sistema para não dar tanto na vista, diante da avalanche das ruas em direção a Bolsonaro?

Mais uma coisa: perceberam a insistência com que a equipe de Bolsonaro, apoiada como ninguém pela Joice uma soldada valente e furiosa, pediu para que os eleitores fotografassem o boletim das urnas, e enviassem a eles? Simples, porque sabendo antecipadamente do material denunciante de Joice, a única forma de minimizar o estrago seria ter em mãos os dados reais de milhares de urnas, para depois confrontar com os dados divulgados pelo TSE. Se eles divulgassem o vídeo dela, antecipadamente, os autores da falcatrua seriam pegos no meio da empreitada, ou poderiam mudar o sistema adaptando-o as pesquisas dos “institutos”, que são malignos e tendenciosos! Um eleitor divulgou um vídeo de uma “pesquisadora” do Datafolha sentada na calçada, preenchendo as planilhas com os dados da cabeça dela, sem perguntar para ninguém. Por isso passaram tanta vergonha, se é que a têm!

Ou seja, basta que rastreiem todo o pessoal do TSE e do STF, que defende com tanta fúria a urna, embora tendo em mãos as provas de que podem ser burladas e mesmo é uma tolice eletrônica. E agora, no segundo turno, que os militares vasculhem os servidores do TSE, antes da apuração dos votos, que façam testes de segurança antes de divulgar os dados, comparando o resultado real das urnas com aqueles postados no servidor – nem que isso demore algumas horas mais – até se ter segurança de que não existe um programa malicioso dentro do sistema, que pode alterar os resultados das eleições. Por favor, políticos ainda com alguma honestidade, vamos acabar com isso. Não basta imprimir o voto, nem fotografar a lista de cada urna: tem que ser voto impresso.

https://peticaopublica.com.br/imagespet/br/75872_1.png

Mudando um pouco de sentido...

Eu fiquei muito preocupado com as mudanças no nosso calendário, porque embora o Cláudio me tenha dito, pessoalmente, que não sabe o motivo dos cancelamentos, sinto que a palavra “por segurança” soa como algum alerta para nós. Eu não posso ainda divulgar um sonho que tive, anos atrás, e que enviei ao Cláudio para ter discernimento, mas quando vi uma fala do General Mourão, vice de Bolsonaro, dar uma entrevista, cheguei a me arrepiar ao ver confirmado aquele sonho, embora em linhas gerais.

Digamos o seguinte, para simplificar. Bolsonaro é extrema direita, e tendo um braço só, não terá facilidade de governar, por causa do bando renegado da esquerda. O turco é extrema esquerda, se ganhar no segundo turno, da mesma forma não terá facilidade de governar, porque a direita acordou como nunca.  Ou seja, uma ou outra, se houver confusão se abrirá caminho para um governo militar, num novo tempo de exceção, que será absolutamente necessário, porque afirmo, com a mais profunda segurança: Nem Bolsonaro, nem o turco, conseguirão governar o país facilmente, devido ao imenso fosso em que os partidos socialista e comunista nos sepultaram. Sem uma ruptura, sem uma quebra de paradigmas, sem uma demolição vigorosa destas estruturas viciadas, impossível de governar o Brasil e fazer justiça.

E esta demolição passa seguramente pela ruptura imediata com os dois maiores tumores que temos a nos matar como nação: os juros bancários e os excessos do funcionalismo público – salvo míseras exceções – que corroem quase 90% de tudo aquilo que a nação produz. De fato, o apresentador Ratinho fez um comparativo com algumas cédulas e mostrou que, os juros da divida pública consomem 40% do que produzimos, e o salários, benefícios, aposentadorias, mil e um artifícios acoplados nas folhas de pagamento do funcionalismo público – em todas as escalas de poder estraçalham com outros 50%. Ou seja, 90% do que produzimos vai para menos de 1% da população: os nababos da máquina administrativa e os acionistas dos bancos. Governar como?

Então você não tem saúde, não tem educação, porque os recursos da nação caem nas mãos de uma minoria, que vive aqui, com padrão acima do primeiro mundo. Nosso governador de SC disse tempos atrás que 70% do que o estado arrecada vai para o funcionalismo, pois a folha mensal já chega a um bilhão de reais. Nas contas do Ratinho, sobram apenas 2 reais para a saúde e educação, o que significa quem tudo aquilo que o estado está investindo em obras físicas, vem de novos empréstimos que só aumentam a dívida interna e externa , fazendo crescer a conta dos juros e o índice de 40% dos recursos. De fato, em 2017 a divida do Brasil é de 3,55 trilhões de reais, e já em 2018 era de 4 trilhões. Ou seja, um avanço anual rumo ao abismo de quase 500 bilhões. E nesta conta, o funcionalismo entra com quase 100 bilhões de déficit. Isso precisa parar, este sangue tem que se estancado, nem que seja por calote.

http://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2014/09/fome-zero-logo-780x440.jpg            https://portalcoroado.com.br/home/wp-content/uploads/2018/01/bolsa-familia.jpg

Eu sempre fui adversário ferrenho de programas eleitoreiros e mistificadores com o “fome zero” e “bolsa família”, porque tais programas podem ter curso apenas por um tempo de escassez – nos EUA programas de ajudar funcionam apenas seis meses em caso de catástrofe sobre os atingidos – e devem acabar depois de terminada a crise. Nenhum outro país do mundo pratica tal loucura! Mas em países como o Brasil, onde uma classe de funcionários de todos os matizes, governos, assembleias, congresso, senado, fundações, estatais, autarquias consome metade de tudo aquilo que a nação produz isso se torna quase obrigatório, porque só existem estes necessitados de ajuda, exatamente porque uma ínfima parte consome metade dos recursos produzidos.

Diante das injustiças do atual sistema os próprios funcionários de todos estes setores, se fossem realmente patriotas deveriam se envergonhar do que recebem em detrimento de milhares. O que eles recebem não pode ser tido com direito adquirido, mas como vantagem imoral, porque é parte do sangue daquele que recebe o mínimo. Ora, Deus colocou na alma do homem o sentido da justiça. Então quando uma pessoa que recebe um vultoso salário, mas já não se da conta de que o serviço que ela presta em troca, ou até nenhum serviço como existem milhares, não é compatível com o ganho é porque se deixou corromper. Porque o sentido de pátria deve estar acima da pessoa.

Penso que, se for feita uma eleição entre eles, a imensa maioria votaria n o candidato que preservasse o seu esbulho. Ou seja: sem quebrar esta corrente de benefícios infinitos, que premia a alguns e esmaga outros, que toma de assalto metade de todas as rendas do Brasil, ninguém consegue governar. Volto a repetir, não é que todos os funcionários públicos estejam nessa condição, nem se pode culpar aos que se locupletaram destas “vantagens”, o que se deve derrubar são todos os artifícios legais e ilegais, todas as maracutáias, os apadrinhamentos políticos, TUDO o que leva a estas injustiças, ante o estado de morte da nação. Não pode acontecer que uma minoria que não chega 0,5% penalize os 99,5% restantes e ponha em risco a vida de todos. Inclusive a deles!

https://i.ytimg.com/vi/oJqGpZR6FBw/maxresdefault.jpg

Como chegamos a estes dois nós górdios? Tempos atrás escutei um analista econômico, afirmando que Lula se gabava de ter pagado a dívida externa do Brasil, mas este foi mais um de seus golpes sujos. O que ele fez foi o seguinte, e como propaganda mentirosa: Ele fez os maiores bancos do Brasil “comprarem” nossas dívidas no exterior, onde nós pagávamos meio por cento de juros ao ano, para pagarmos aqui 2% ao mês, entenderam? Veja esta manchete de reportagem de 2015: Lucro dos maiores bancos do Brasil cresce 17% no segundo trimestre, e soma 16,8 bilhões de reais. Multiplique isso por quatro e teremos um lucro anual de 67 bilhões. Acham que a nação suporta isso? Tem que levar um tranco! Não tem com ser justo um juros de 7,5% ao mês no cheque especial.

O segundo ponto, o funcionalismo público. Já perceberam, no Brasil, a luta desesperada de milhares de pessoas de passarem em concursos públicos – e quantos viciados - e assumirem empregos nababescos com salários régios pelo resto da vida, porque as aposentadorias seguem o mesmo padrão? Noutro dia o grande amigo Nelson me mandou a cópia do holerite de pagamento de um motorista da assembleia do Ceará, que me deixou pasmo. O salário em si era uma merreca, mas os adendos, perto de 20 adendos, gratificações abonos, etc, davam a ele um salário real de mais de 11 mil reais, sem desconto de imposto de renda. E há milhões de casos assim!

O que acontece? Noutro dia eu discuti com uma funcionária pública, muito bem educada por sinal, onde questionei sobre o seu salário, mas ela alegou: eu lutei, eu fiz concurso, eu fiz estágios... Tudo bem, eu não estou dizendo que você agiu de má fé ou que burlou a lei para conseguir tais benefícios, o que é condenável são os meios postos a vossa disposição para os conseguirem. As leis e portarias erradas! Ocorre que o sistema atual do funcionalismo público através das décadas, baseou-se numa situação de economia mundial e nacional sempre crescente, sem considerar tempos de vacas magras e além de que, cada governo entrante foi empregando novos e foi concedendo e aumentando tais benefícios até este limite absurdo.

Mais ainda veio o seguinte e não conseguiu mais demitir os excedentes, por causa do artifício repulsivo da “estabilidade do emprego” e do seu irmão gêmeo perverso “o direito adquirido”. Estas duas figuras são um atentado contra o povo do salário mínimo. Tem que ser abolidas! Apenas o Meireles afirmou que o Brasil precisa congelar os salários dos servidores por quatro anos. Mesmo assim não basta! Tem que haver uma quebra, um ajuste nisso, ou acabaremos como nação! Há quem diga que o funcionalismo deve ser bem pago para não roubar e que precisa de estabilidade porque não FGTS. Bem onde é que se formou este exército de quadrilhas de assaltantes de erário? Quantos milhares sabiam e não denunciaram? Então, FGTS neles, mas rua por justa causa em caso de corrupção!

https://i1.wp.com/www.jornalopcao.com.br/wp-content/uploads/2018/09/Bolsonaro-Haddad-Fotos-Reprodu%C3%A7%C3%A3o-Facebook.jpg?fit=620%2C350&ssl=1

E agora estamos sendo confrontados por duas correntes, a direita e a esquerda. Fácil escolher! De um lado temos Bolsonaro, com seu lema e os seus temas de bem e de outro um turco feito poste, com seus truculentos planos de se perpetuarem no poder, enganando os pobres. Em Bolsonaro a defesa da vida, da família da moral que vem de Deus, no turco a defesa do aborto, da ideologia do gênero e a destruição da família por um sistema de ensino depravado, tudo o que vai contra a Lei de Deus. No início eu pensava em votar em Álvaro Dias, que julgava ser o melhor preparado, mas depois percebi um clamor popular por MUDANÇA DRÁSTICA, que realmente se confirmou e mudei meu voto.

E claro nem pensar em votar em comunistas! Ainda a pouco li no yutube a seguinte frase de um esquerdista: “Bolsonaro presidente é o fim das esperanças!”... Sim, esperanças frustradas de uma claque de ladrões de roubarem o que resta de uma nação saqueada e espoliada, por gente de diz lutar pelos pobres, quando luta tanto que os vai matando aos poucos, tempo em que sem nenhum pejo, nenhum remorso, rouba e se diz santo e impoluto.

Que país eu quero para o futuro? Esta pergunta ‘viralisa´  em todos os cantos, e as respostas que se ouve, vão desde o absurdo até a loucura, do besteirol a coisas de algum sentido. Existe um corolário mundialmente aceito que deve pautar a vida dos cidadãos, em cada nação: Deus > Pátria > Família! Significa que as prioridades de cada um devem seguir esta ordem. Primeiro vem Deus, acima de todos. Em seguida vem a terra, o solo, a pátria, onde se pode criar uma nação justa, todas criadas por Deus. Depois vem a família, também criada por Deus, porque ela é a base da sociedade: sem famílias unidas, não existe nação coesa. E isso abole completamente aquilo que hoje é a tônica mundial: o interesse pessoal acima de tudo e de todos. O se dar bem! O sucesso pessoal acima de tudo!

Eu já escutei milhares destas propostas, entretanto, nem uma só mexeu em algumas coisas que eu julgo essenciais, porque a imensa maioria, de quase 100% das pessoas apontam para soluções que visam no fundo o seu interesse próprio, sem pensar que este interesse, com o correr do tempo, pode penalizar a própria família. Elas se reportam ao que é bom para elas, e não ao que é bom para um país que quer ter um futuro de prosperidade e paz. E de fato, onde o EU suplanta o NÓS, onde o indivíduo gira ao redor do próprio umbigo, caminhamos para um mundo de “ilhas” isoladas, e quanto mais longe umas das outras, melhor, no sentido de pior. 

Vejamos algumas coisas...

1 – É literalmente impossível de construir uma nação de paz, de prosperidade, de segurança, de vida digna, de pleno emprego, de longo futuro, onde todos tenham tudo em fartura, e o progresso premie a todos os cidadãos, sem que as leis desta nação sejam moldadas na Lei Divina, e sejam cumpridas pela totalidade das pessoas. A base devem ser os 10 Mandamentos: não existe outra forma.

2 - É igual e literalmente impossível se construir a mesma nação citada acima, enquanto as pessoas fixarem seus destinos exclusivamente nas palavras “eu”, “mim”, porque elas excluem o coletivo, o “nós”. Todos os que pensam apenas em si, em se dar bem, principalmente os que sabem que isso é mau, não percebem que estão a prejudicar o futuro de sua família, de seus filhos, de sua posteridade, porque estão a construir uma pátria de futuro incerto, como partes de uma sociedade egoísta e perniciosa. Um país assim jamais terá sucesso nem paz!

3 - É igual e literalmente impossível se construir a mesma nação citada acima no item 1, quando os cidadãos ditos de “bem”, não lutam por seus direitos e se calam diante dos inúmeros crimes que são cometidos pelos bandidos e corruptos que se locupletam de cargos públicos, levando a nação ao caos e ao desgoverno. Devo lembrar aqui que, que é corrupto também o funcionário de um mandante corrupto, e é corrompido igualmente todo aquele que vota num candidato denunciado por desmandos administrativos e pela roubalheira. Não importa o quanto custe, todos os cidadãos de bem são corresponsáveis pelo bem de todos e a felicidade geral da nação.

4 - É preciso evitar a escolha de qualquer partido ligado ao socialismo e ao comunismo, porque se trata de sistemas corrompidos na essência, de ideologias perversas, cujo legado pernicioso e criminoso pode ser visto em absolutamente todas as nações onde eles deitaram garras. São os que usam e abusam dos pobres, como massa de manobra, quando na realidade odeiam a pobreza, tanto que se locupletam da riqueza das nações com o mais descarado despudoramento. Ou seja: Deve se evitar tudo o que vem da esquerda! O comunismo e o socialismo!

Faço a seguir um apanhado de ideias que deveriam pautar as leis e as ações da nossa nação, para que no conjunto nós sigamos o projeto de Deus para nossa pátria.

- inverter o slogan de campanha de Bolsonaro para: Deus acima de todos... o Brasil acima de tudo!

> Sem Deus nada podemos fazer! Uma nação sem Deus é nação em estado de morte!

- desfazer tudo aquilo que o PT fez, porque é comunismo puro, e deve ser erradicado.

> o que eles fizeram foi aparelhar o estado e a justiça para se eternizarem no poder.

- impedir que qualquer condenado por corrupção algum dia volte ao poder, nunca mais.

> comunista não muda a cabeça, não se converte, é perverso e imoral por natureza.

- vigiar de perto todos os que falam em ditadura militar, quando o que houve foi governo militar.

> são os mentirosos da mídia, que ignoram que foram eles a causa de os militares entrarem.

- acabar com o Foro de São Paulo, esta matriz do diabo, conluio de vermelhos sacripantas.

> trata-se de uma organização criminosa, porque trama a tomada do poder e a ruína das nações.

- acabar com as ONGs perversas que são usadas pelos inimigos para tumultuar as nações.

> milhões de reais são desviados para estas organizações, e isso deve ser cortado de todo.

- acabar com a síndrome atual de preservacionismo xiita da natureza, que emperra o progresso.

> tirar das cadeiras os sacripantas que dominam órgãos como Ibama, porque são um atraso de vida.

- mudar todo o sistema de ensino, excomungando tudo o que diz respeito a Paulo Freire.

> tudo o que lhe diz respeito veio da besta: ensinar o absurdo, cegando para a realidade!

- significa ensinar matemática real e não x & y, língua nacional, moral e cívica, não só sexo.

> ensinar noções de economia doméstica, trabalho, uso do dinheiro, saber falar em público.

- cortar a propaganda de qualquer rede de TV que favoreça a causa gay e ideologia de gênero.

> se não acabar a novela malhação da Globo, ela acabará destruindo toda nossa juventude.

- acabar com as aposentadorias régias de alguns funcionários, conseguidas por fraude.

> nenhum país do mundo pode pagar benefícios que ao longo da vida somam milhões.

- acabar com a Lei Rouanet e auditar os repasses feitos a todos eles.

> é a maior desfaçatez o pegarem grosso dinheiro público e depois ainda cobrar ingresso.

- cortar em 2/3 as cadeiras de deputados estaduais e federais, senadores e vereadores.

> basta 1/3 dos existentes melhor escolhidos, para fiscalizar o estado e legislar.

- demitir sumariamente todos os milhares de assessores que mamam sem trabalhar.

> esta mamata tem que acabar, imediatamente, porque é um verdadeiro escândalo.

- diminuir o número de benefícios dos parlamentares, de todas as instâncias.

> com o tempo eles vão avançando no erário, e isso pode ser tido por criminoso.

- acabar com os privilégios absurdos do judiciário e do legislativo, um esbulho contra a nação.

> não é o ganhar bem que impede a corrupção e sim formar cidadãos de bem.

- demitir por justa causa e corrupção de menores o professor que ensinar gênero para crianças.

> esta é uma atitude criminosa, que inclusive provoca a ira de Deus, santa e justa e clama aos céus.

- acabar com a farra do dinheiro público em qualquer setor improdutivo, arte, cultura...

> quem quer viver de arte e cultura, que seja tão bom que não precise do governo.

- formular uma previdência que preveja recuo nos ciclos econômicos, tempos de “vacas magras”.

> sem este fator, que não somente o Brasil, mas o mundo precisa impossível funcionar em longo prazo.

- garantir aposentadorias, públicas e privadas só até cinco salários mínimos, o resto deve ser privado.

> impossível garantir aos funcionários aposentadoria com os salários espantosos de alguns.

- isso significa um Sistema Único de Previdência Social, que faça todos iguais perante a Lei.

> por que apenas 0,5% de funcionários públicos são mais brasileiros que os restantes 99,5%?

- ir até o fim do mundo a caça dos corruptos e ladrões de qualquer partido, sem lhes dar tréguas.

> tal como não se pode dar tréguas ao diabo, também assim com os comunistas.

- estabelecer um judiciário mais ágil por câmeras de acordo prévio e decisão definitiva.

> isso significa acertar na raiz mais de metade de todos os processos que correm na justiça.

- encontrar fórmulas na saúde pública que coíbam médicos milionários e hospitais falidos.

> fui tesoureiro num hospital onde o médico rico nos processou cobrando mais que o hospital valia.

- englobar o décimo terceiro a 1/12 mensalmente e acabar com ele em definitivo em dezembro.

> quem é empresário sabe da dificuldade que é pagar despesas em dobro em dezembro e janeiro.

- facilitar a criação de novas empresas para a criação e manutenção de empregos.

> o excesso de burocracia atrapalha demais, mas um curso preparatório é mais que necessário.

- desonerar de impostos a cesta básica, deixando apenas o imposto de renda.

> deixa o pobre se alimentar bem, não taxando o leite, o pão, a comida da cesta básica.

- combater o desperdício nos Ceasa e toda a cadeia produtiva, abastecendo creches etc.

> fala-se que 30% dos cereais e hortigranjeiros se perdem em transporte, Ceasas e supermercados.

- transformar os presídios em colônias de trabalho, evitando que sejam escolas do crime.

> ocupar os presos com trabalho. Encontrar fórmulas de evitar que tantos sejam presos.

- usar a imensas reservas de madeira hoje queimadas na Amazônia para casas populares.

> o desperdício lá é um escândalo. Não pode derrubar a castanheira, mas tocam fogo nelas.

- incentivar as estradas de ferro, que diminuem os custos do transporte larga escala.

> Com o diesel gasto por 5 carretas, duas locomotivas transportam 90 vezes mais.

- acabar com a indústria das multas, radares, colocando então mais lombadas.

> absurdo é um estado colocar as multas no orçamento, como fonte de arrecadação.

- adaptar as rodovias construindo o piso onde hoje é acostamento, facilitando ultrapassagem.

> tremendo absurdo é não completar o asfalto até a borda, o que melhoraria o transito em muito.

- mudar o sistema de pedágio, que não pode ser definitivo como hoje em dia.

> cobrar pedágio apenas até a obra ser concluída, mais o devido lucro, depois fechar.

- dar um basta geral em organizações como Chico Mendes que se tornam impérios do absurdo.

> o desgoverno do PT financiou entidades como esta, que além do mais são corruptos.

- acabar com esta coisa de cotas para negros e índios: no Brasil somos todos brasileiros, ou não?

> esta é a verdadeira discriminação, porque põe na testa das pessoas a pecha de incapazes.

- dar um basta nesta coisa de premiar minorias, como índios e quilombolas coisa de comunista.

> tudo isso é usado pelos comunistas, o que significa dividir, segregar, para destruir!

- rever esta desgraçada “lei da palmada” que proíbe um pai de corrigir seu pequeno rebelde.

> se a Bíblia diz que o pai que ama seus filhos o castiga quem é o PT para proibir? Sem excessos!

- privatizar todas as estatais não estratégicas, transferindo o ônus dos funcionários ao comprador.

- rever a questão dos juros bancários porque este é um dos maiores câncer da nação.

> o sistema bancário mundial é o maior câncer da economia. No Brasil o câncer é mortal!

- enquanto educação, saúde, crianças, estiver em falta, corte-se todas as verbas de cultura e arte.

> não pode ser que marmanjos sejam premiados com verbas enquanto crianças morrem de fome.

- reduzir a maioridade penal, porque se pode votar com 16 anos pode arcar consequências.

> hoje milhares de jovens criminosos se escudam atrás desta lei para cometer crimes hediondos.

- desviar o foco das questões de homossexualismo e gênero, cortando verbas de quem os difunde.

> a difusão desta ideologia comunista, muito do agrado do diabo, deve ser combatida ao máximo.

- reduzir drasticamente as verbas de publicidade, trocando isso por obras, a melhor propaganda.

> se o governo fizer boas obras deixando o povo feliz, não precisa dar dinheiro para a Globo.

- obrigar todos os ministérios, congresso e senado, a reduzir gastos e pessoal.

> isso na verdade é elementar, e metade do funcionalismo atual, trabalhando, basta.

- diminuir o pão e circo dos esportes investindo nas realidades, o trabalho e o emprego.

> vem da criminosa Roma antiga esta coisa de enganar o povo com circo, quando falta o essencial.

- sim ao armamento da população, seguindo o exemplo suíço de porte de armas.

> sim ao porte de armas: a Suíça é o país mais seguro do mundo, lá tem duas armas por cidadão.

- impedir que grandes traficantes presos tenham qualquer contato com o tráfico.

> não pode ser impossível que gente como Marcola e Beiramar sejam completamente calados.

- acabar com todas estas instâncias da justiça que eternizam processos de quem pode pagar.

> sim a uma reforma do judiciário: não sei se existe no mundo outro país pior.

O leque de mudanças vai longe, e imaginem uma nação onde todos os males apontados fossem cortados e as mudanças propostas fizessem parte da nossa nação. Sem dúvida alguma nós tempos condições de ser o melhor país, mais seguro, mais moderno e mais feliz de todos, porque o Criador nos legou tudo, como a nenhuma outra nação. Não é possível que nós, tendo 30% de toda a terra agricultável do planeta vejamos cidadãos na miséria e crianças passando fome. O que nos levou a este desastre foi sem dúvidas o atual sistema de ensino, onde as crianças e jovens são levados a estudar e a perder tempo com coisas absurdas e abstratas, que nunca irão usar, deixando de aprender a serem bons cidadãos, que amam sua pátria e a colocam acima dos próprios interesses.

http://4.bp.blogspot.com/-KoN_KNuEcYU/U3_YFMocvCI/AAAAAAAAIgE/q8DovbCFwlE/s1600/10294242_1447669168810920_4417221703363403986_n.png

Naturalmente que, depois de tanto tempo e de tão enraizadas desgraças, não se pode esperar de um só governo a conclusão de todas as reformas necessárias. Aliás, isso somente se conseguirá no longo prazo, e para isso é preciso, URGENTE, que se tomem medidas para mudar radicalmente o sistema de ensino e educação das nossas crianças, que devem ser levadas a compreender e a viver felizes, com a sequência proposta, Deus > Pátria > Família, construindo então uma nação sólida, e pode se dizer, inexpugnável.  O slogan da campanha de Bolsonaro coloca Deus acima de todos e ele se diz católico – mas está errado frequentar a “igreja” da esposa dele – e este pode ser um começo da mudança. O turco diz, mais estado, menos Deus, mais indivíduo, os do partido.

No mais, nossas crianças, nossos jovens devem ser ensinados desde cedo o quanto ideologias com o marxismo, o socialismo e especialmente o comunismo, são degeneradas, malignas, corruptoras da sociedade, o que não será empreitada fácil, porque os meios de comunicação estão eivados deste criminoso sistema. Ademais, já formamos uma multidão de pessoas que parecem ter passado por lavagem cerebral, ou que possuem algum viés psicológico negativo, e nos casos mais graves quem sabe até alguma psicopatia, que mesmo sabendo que o seu líder é ladrão, corrupto, degenerado, putrefato de alma, ganancioso ao extremo, ainda assim votam nele. E pior, como me disse um petista doente: Sei que o Lula roubou, mas quem não rouba? Seu eu tivesse lá roubava também!

Quem sabe isso explique os 30% de eleitores do Partido dos Traidores, que chegando ao poder com a fama de serem os mais honestos do mundo, se locupletaram do governo e dilapidaram os bens da nação, com alias acontece em todos os países comunistas: uma nação inteira sendo escravizada para sustentar uma “elite” de bandidos. O que aconteceu com este partido é fácil de entender: os comunistas nunca tiveram no Brasil mais que 1% dos votos e Arraes que o diga, lá do abismo onde se encontra. Quando o PT começou a crescer, os comunistas habilmente se infiltraram nele, e deu no que deu! Dominaram o partido, e corromperam-se todos. Comunistas todos!

Mas, vamos lá, eu espero que a votação em segundo turno seja no mínimo 70 a 30, e pode até ficar melhor, se todos nos empenharmos em rezar, porque esta é a melhor arma para se combater o comunismo petista. Temos o Rosário em nossas mãos, arma imbatível, fortaleza inexpugnável, Lepanto que o diga. Nossa Mãe disse em recente mensagem que não correrá “grande sangue”, mas um pouco sim. Imagino, pessoalmente, que os vermelhos agora vestidos de amarelo, e os antes defensores do aborto e do gênero agora dentro da Igreja santos e comungando – sacrílegos – não se irão conformar e deverão tumultuar a nação, pelo menos tentarão. Mas creio que o exército virá então, mais uma vez, para evitar que os vermelhos tinjam nossa pátria inteira de sangue.

Último toque: posso me enganar se as orações mudarem o curso da nossa história, mas para por o Brasil novamente nos eixos, somente com um tranco grave. Com Color e Zélia aconteceu tranco que permitiu aos governos seguintes deitarem em berço esplêndido. Não se preocupem então se os militares derem outro tranco: será para o nosso bem, bem do Brasil, bem da família, bem de cada um de nós. E todos aqueles que forem atingidos pelo tranco, que se reciclem: já ganharam demais, é preciso voltar ao Brasil, que ainda não é primeiro mundo!

Aarão

https://ministeriopeniel.com.br/content/artigo/4dd9cec1c21bc54eecb53786a2c5fa09.jpg

http://1.bp.blogspot.com/-DbIKxDv5Mr4/UcOhUeG5fCI/AAAAAAAAA5M/5OFz9KcZI8w/s1600/PRECE-PELO-BRASIL.jpg

Fonte:http://recadosdoaarao.com.br/?cat=3&id=7005

 
 
 

Artigo Visto: 728 - Impresso: 8 - Enviado: 13

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.321.107 - Visitas Únicas Hoje: 704 Usuários Online: 140