"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
04/06/2016
Presidente da Sociedade Teológica Evangélica retorna à Igreja Católica
 

Presidente da Sociedade Teológica Evangélica retorna à Igreja Católica

https://4.bp.blogspot.com/-7RatymV7G9I/V1M194dX-LI/AAAAAAAAIoc/y1ZaMOEjaNAquQxF5y3QfW_3FemDBiieACLcB/s320/Beckwith_Francis.jpg

MAIS UMA HISTÓRIA de "filho pródigo" dos nossos tempos. Francis Beckwith (foto) renunciou, há algumas semanas, ao seu cargo de Presidente da Sociedade Teológica Evangélica (ETS). O motivo? Seu retorno à Igreja a Católica, onde cresceu e que abandonou para abraçar o protestantismo.

Assim como no caso dos ex-pastores Alex Jones, Marcus Grodi e Scoth Hahn, entre muitos outros, também Beckwith relata que o início de sua volta à fé em que cresceu foi a leitura de bispos e teólogos dos primeiros séculos da Igreja (disciplina que no estudo da Teologia e da Filosofia recebe o nome 'Patrística' ou 'Patrologia').

Disse Beckwith: "Em janeiro, por sugestão de um amigo querido, comecei a ler aos Padres da Igreja assim como alguns trabalhos mais sofisticados sobre a justificação em autores católicos. Comecei a convencer-me que a Igreja primitiva é mais católica que protestante e que a visão católica da justificação, corretamente compreendida, é bíblica e historicamente defensável".

A partir daí iniciou-se um processo de conversão, e o perito já estava disposto a retornar à primeira e única Igreja instituída por Cristo quando terminasse seu serviço como presidente, em novembro do ano 2017. Entretanto, por meio do que pode ser visto como ação da divina Providência, seu sobrinho de 16 anos lhe pediu para ser seu padrinho de Crisma, no último dia 13 (maio/2016) , o que o levou a reconsiderar sua decisão.

"Eu não podia dizer 'não' a meu sobrinho querido, que credita a renovação da sua fé em Cristo às nossas conversas e correspondência. Mas para fazê-lo, devo estar em total comunhão com a Igreja. Por isso, em 28 de abril passado recebi eu o Sacramento da Confissão", disse Beckwith, que espera que sua partida permita à Sociedade Teológica Evangélica estudar a autêntica Tradição da Igreja.

"Há uma conversa que deve realizar-se na ETS, uma conversa sobre a relação entre o 'evangelismo' e o que se chama 'Grande Tradição', uma tradição da qual todos os cristãos podem traçar sua paternidade espiritual e eclesiástica. É uma conversação que eu recebo com agrado, e da qual espero ser participante. Mas a minha presença na ETS como presidente, concluí, diminui as possibilidades de que ocorra esta conversa. Só exacerbaria a desunião entre cristãos que precisa ser remediada".

Fonte:http://www.ofielcatolico.com.br/2006/06/presidente-da-sociedade-teologica.html

 
 
 

Artigo Visto: 654 - Impresso: 15 - Enviado: 6

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 2.813.592 - Visitas Únicas Hoje: 253 Usuários Online: 70