"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
19/02/2021
Estudo de revisão: números de mortalidade inflacionados 1600%
 

Estudo de revisão: números de mortalidade inflacionados 1600%

18 de fevereiro de 2021

Um estudo revisado por pares descobriu que os Centros de Controle e Prevenção de Doenças violaram a lei federal ao inflar o número de mortes causadas pelo Coronavírus. O estudo afirma que os números foram inflados em pelo menos 1.600%!

De acordo com a Public Health Initiative do Institute for Pure and Applied Knowledge, que publicou o estudo, intitulado "COVID-19 Coleta de Dados, Comorbidade e Lei Federal: Uma Retrospectiva Histórica", os números do COVID deveriam conduzir uma narrativa de medo e concordância . Ao fazer isso, o estudo também afirma que o CDC violou deliberadamente várias leis federais, incluindo a Lei de Qualidade da Informação, a Lei de Redução de Papel e a Lei de Procedimentos Administrativos, relataram os Arquivos Nacionais.

Em janeiro, como relatou o WND, a Organização Mundial da Saúde admitiu que os testes PCR "padrão" usados ​​para determinar se uma pessoa está infectada com COVID-19 não são confiáveis ​​na primeira tentativa e um segundo teste pode ser necessário.

Este fato, observa os Arquivos Nacionais, corresponde à "admissão silenciosa do CDC de que eles misturam os resultados dos testes virais e de anticorpos para seus números de casos e que as pessoas podem testar positivo para anticorpos se tiverem anticorpos. De uma família de vírus que causam a gripe comum. "

Entre as descobertas notáveis ​​do estudo está a conclusão de que o CDC "decretou ilegalmente novas regras para coleta de dados e relatórios exclusivamente para COVID-19 que resultou em uma inflação de 1.600% do total de vítimas atuais. Fatalidades de COVID-19", o grupo de vigilância Todos Cidadãos preocupados disse em um comunicado fornecido ao Arquivo Nacional. -WND

Isso não é novidade para quem vem acompanhando o processo. Várias agendas estão em jogo aqui e um empobrecimento massivo foi necessário para alcançar a Nova Ordem Mundial usando a Grande Restauração.

Os denunciantes surgiram na primavera do ano passado, para serem silenciados e censurados.

Outro denunciante COVID-19: Médico de Montana diz que o governo está exagerando dramaticamente as mortes

COVID-19 deveria ser listado na Parte I dos atestados de óbito como a causa definitiva de morte, independentemente de evidências confirmatórias, ao invés da Parte II como um fator que contribui para a morte na presença de doenças pré-existentes.

Em seu site, o CDC afirma que apenas 6% das pessoas contadas como mortes por COVID-19 morreram exclusivamente por essa causa.

Os pesquisadores estimaram que as mortes registradas por COVID-19 "estão inflacionadas em todo o país em até 1600% acima do que seriam se o CDC tivesse usado os manuais de 2003", disse o All Concerned Citizens. -WND

A grande mídia e as redes sociais continuam a atacar e censurar qualquer um que possa adicionar dois e dois para obter quatro. A classe dominante está realmente no fim de sua corda. Cabe agora a nós garantir que nunca mais aceitaremos a escravidão em qualquer de suas formas. Já sabíamos disso. Foi e sempre foi por causa do medo. Aqueles que vivem com medo de morrer são os mais fáceis de escravizar.

Artigo traduzido por RELIGION LA VOZ LIBRE

Fonte: https://religionlavozlibre.blogspot.com/2021/02/estudio-revisado-las-cifras-de.html?

 
 
 

Artigo Visto: 161 - Impresso: 2 - Enviado: 0

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 4.525.082 - Visitas Únicas Hoje: 1.169 Usuários Online: 227