"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
21/10/2018
Líderes estudantis australianos pedem ao sínodo para tratar da 'ambiguidade' doutrinária
 

Líderes estudantis australianos pedem ao sínodo para tratar da 'ambiguidade' doutrinária

publicado quinta-feira, 18 out 2018

http://www.catholicherald.co.uk/content/uploads/2018/10/20181008T0556-2232-CNS-SYNOD-YOUNG-CELEBRATE-1-800x500.jpg

Cardeais aguardam a chegada do Papa Francisco em reunião durante o sínodo (CNS)

por Staff Reporter

Os 217 signatários dizem que 'prelados sênior' espalham confusão deliberadamente usando palavras pouco claras

A organização nacional de estudantes da Austrália pediu ao Sínodo da Juventude que abordasse a "ambigüidade" sobre o ensino da Igreja em questões como contracepção e comunhão para os que se casaram novamente.

Em uma carta aberta assinada por 217 jovens católicos, a Associação Australiana de Estudantes Católicos (ACSA) diz que eles querem ser formados pela Igreja. "Mas não podemos ter esperança de tomar forma em meio à confusão sobre questões como contracepção, sexualidade, comunhão para divorciados e não-católicos, padres casados e ordenação feminina."

Os membros da ACSA, incluindo os presidentes de seis sociedades católicas universitárias, dizem que "prelados seniores” estão "propositadamente empregando linguagem ambígua" quando se fala de assuntos controversos ", mesmo em face dos ensinamentos de Cristo, dos Padres da Igreja e o dogma claro da Igreja ".

Os estudantes dizem que as "regras" fazem parte de um relacionamento com Jesus Cristo, e que "Quando a Igreja evita a verdade pelo discurso político, os jovens ficam apenas com banalidades superficiais para expressar suas crenças". Palavras deliberadamente claras são, ironicamente, invocadas e repetidas com rigidez: "Essa confusão, dizem eles, não é o que os jovens querem" e precisa ser tratada pelo sínodo ".

Os escritores da carta também dizem que estão orando por um aumento de "peregrinações, confissões, devoções, adoração, arte sacra, música e arquitetura".

Esperam também um aumento da adoração eucarística e do ofício divino. Ambos, dizem, são maneiras de tornar a Igreja mais acolhedora. Por outro lado, dizem, uma Missa projetada para ser "acolhedora" poderia arriscar mudar "uma afirmação profunda fisicamente manifestada em um vislumbre do céu" em "uma alegação estranha que as pessoas lutam para levar a sério".

Em uma meditação de encerramento sobre Maria, os escritores da carta dizem que para "tornar-se flores no paraíso de Deus, como Maria", eles precisam ser "nascidos de novo no Batismo, nutridos pelos Sacramentos e abrigados pela Verdade no Corpo Místico de Cristo, a Igreja".


Fonte: http://www.catholicherald.co.uk/news/2018/10/18/australian-student-leaders-ask-synod-to-address-doctrinal-ambiguity/?platform=hootsuite

 
 
 

Artigo Visto: 173 - Impresso: 9 - Enviado: 8

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.280.340 - Visitas Únicas Hoje: 927 Usuários Online: 146