"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
01/09/2019
Bento XVI recebe os monges da Congregação agostiniana de Windesheim, Holanda.
 

Bento XVI recebe os monges da Congregação agostiniana de Windesheim, Holanda.

10/08/2019

https://scontent.fsjk2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/68523007_2975658125840948_991995140224581632_n.jpg?_nc_cat=109&_nc_oc=AQmxE3bjQPJxylgkTVWxnx88yVlEiuyheibmUGAocDNQgfZk8nGtda_AKObRTh0VP9M&_nc_ht=scontent.fsjk2-1.fna&oh=be28b5b55992154814ec53f3471a3324&oe=5DD0832D

Vaticano -  Nesta semana, foi divulgada uma resposta de Bento XVI às críticas que recebeu de progressistas sobre a sua intervenção no debate acerca da crise de abusos sexuais. Nela, o Papa emérito vai ao cerne da questão: “Deus não aparece de forma alguma”. Na corrente bergogliana, vê-se introduzida na teologia o que Bento imputava à sociedade ocidental: agem como se Deus não existisse.

Abaixo, a íntegra:

    “A contribuição da senhora Aschmann (“O verdadeiro sofrimento católico em 1968“, HK, julho de 2019, 44-47), apesar de sua unilateralidade, pode estimular uma reflexão mais aprofundada. Trata-se de uma reação à minha publicação no Klerusblattpara esclarecer a crise dos abusos (nº 4/2019, 75-81). A reação é insuficiente e é típica do déficit geral de recepção ao meu texto.

    Parece-me que nas quatro páginas do artigo da sra. Aschmann não apareça a palavra Deus, algo que eu coloquei no centro da questão. Escrevi: “Um mundo sem Deus só pode ser um mundo sem significado … A sociedade ocidental é uma sociedade em que Deus está ausente para o grande público e não tem nada a dizer a ele. E é por isso que é uma sociedade em que a medida do ser humano está sendo cada vez mais perdida”.

    Pelo que eu posso ver na maioria das reações à minha contribuição, Deus não aparece de forma alguma, e, portanto, não é enfrentado justamente aquilo que eu queria enfatizar como o ponto principal da questão. O fato de o artigo da sra. Aschmann ignore a passagem central de minha argumentação, assim como a maioria das reações de que tomei conhecimento, mostra-me a gravidade de uma situação em que a palavra Deus costuma parecer marginalizada na teologia”.

Fonte: https://fratresinunum.com/2019/09/01/foto-da-semana-433/

 
 
 

Artigo Visto: 150 - Impresso: 2 - Enviado: 0

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.672.532 - Visitas Únicas Hoje: 1.437 Usuários Online: 271