Sinais do Reino


Artigos
  • Voltar






21/12/2013
Em profanação na Igreja da Madalena,em Paris,Femem decreta a "anulação do Natal"

   EM PROFANAÇÃO NA IGREJA DA MADALENA, EM PARIS, FEMEM DECRETA A ANULAÇÃO DO NATAL

Publicado em 20 de Dezembro de 2013

http://catolicosribeiraopreto.files.wordpress.com/2013/12/o-femen-madeleine-570.jpg

 

 Uma militante do movimento Femen irrompeu, sexta-feira, 20 de dezembro, na igreja da Madalena, em Paris. Posando com os seios à mostra diante do altar do lugar de culto, ela divulgou sobre seu peito uma mensagem em referência ao “manifesto das 343 putas” em favor do aborto.

Nas redes sociais, o movimento feminista publicou umas imagens da ação e explicou:

“O Natal está anulado! Do Vaticano a Paris. O revesamento internacional da Femen contra as campanhas anti-aborto conduzidas pelo lobby católico continua, a santa mãe Heloísa acaba de abortar o embrião de Jesus sobre o altar da Madalena“.

No Twitter, as Femen denunciam os atentados ao direito ao aborto, evocando “um caminho de cruz“.

Na quinta-feira, uma militante ucraniana das Femen já tinha retirado sua camiseta perto da praça São Pedro, no Vaticano, para protestar contra a condenação do aborto pela Igreja católica.

“Christmas is canceled” (O Natal está cancelado), gritou ela repetidamente, mostrando seu busto, sobre o qual estava escrito em letras coloridas e em inglês “Christmas is canceled, Jesus is aborted“. [...]

Vários responsáveis políticos, cujos dois candidatos à prefeitura de Paris, condenaram a iniciativa das Femen. Em um comunicado, o prefeito socialista da capital, Bertrand Delanoë, “reprova um ato que caricatura o belo combate pela igualdade mulheres-homens, semeia a discórdia na sociedade parisiense e choca inutilmente numerosos crentes“. (ndt: o que esperar de um socialista?)

Em fevereiro de 2014, ocorrerá diante do tribunal correcional de Paris o primeiro processo das Femen na França, onde nove delas comparecerão por degradações a um sino da catedral de Notre-Dame de Paris, quando elas penetraram no edifício com os seios à mostra.

 

Fonte: Le Huffington Post/Le Monde – Tradução: Dominus Est




Artigo Visto: 1428

 




Total Visitas Únicas: 2.191.018
Visitas Únicas Hoje: 393
Usuários Online: 148