Sinais do Reino


Espaço Mariano
  • Voltar






29/05/2023
Incrível Vitória de Covadonga: Vantagens de ter Deus do nosso lado

Em 26 de maio, há 1300 anos, ocorreu a vitória na batalha de Covadonga. Foi aí que começou a história da Espanha.

Esta batalha foi vital para o futuro do Ocidente e de toda a cristandade, pois os mouros, tendo já conquistado a Espanha, dirigiam-se para a Europa por eles conquistada. Nem teria ocorrido a evangelização da América. A lição é que devemos ter uma perspectiva sobrenatural ao conceber nossa vocação e nossa luta.

por Tradition In Action

Miguel
@pueblicas
Hace 1300 años de la batalla de Covadonga, que inició la Reconquista. España fue, es y será cristiana.

Imagen

6:28 AM · May 26, 2022

Os árabes consideravam a Espanha um país conquistado e se preparavam para entrar na Gália dos godos quando souberam da rebelião dos asturianos.

No ano de 722, os mouros enviaram um exército bem treinado sob o comando do general Alkamar com ordens para destruir Don Pelayo e seus homens.

Don Pelayo preparou a resistência para enfrentar o grande exército muçulmano na montanha de Alzeba, onde os penhascos ofereciam uma vantagem contra aqueles que eram muito mais numerosos que os católicos. Ele colocou seus homens estrategicamente ao longo das falésias e, enquanto esperavam o avanço do inimigo, ele foi até a caverna próxima de Covadonga, onde havia colocado uma estátua de Nossa Senhora e pediu sua proteção especial na batalha que se aproximava. .

OS MILAGRES DE NOSSA SENHORA DE COVADONGA CONTRA OS MOROS

Os mouros começaram o ataque, atirando flechas nos soldados cristãos por trás das falésias de pedra. Mas já neste primeiro ataque, algo extraordinário aconteceu: as flechas voltaram contra os arqueiros mouros, matando-os. Um grupo de católicos avançou para a luta, enquanto outros atiraram flechas e arremessaram pedras e troncos contra as tropas inimigas da Serra de Alzeba.

Após um curto período de tempo, Suleiman, o segundo em comando, caiu morto, causando desordem entre o exército e Alkamar teve que dar a ordem de retirada.
Naquele momento, uma terrível tempestade estourou. O trovão rugiu, o relâmpago iluminou as encostas escuras e a chuva forte causou deslizamentos de terra carregando pedras e árvores que caíram sobre as tropas árabes em retirada.

Lutando na lama, muitos soldados mouros escorregaram e caíram no rio Deva, onde se afogaram. A Santíssima Virgem fez com que a mesma montanha caísse sobre os soldados de Maomé.

A batalha de Covadonga foi vencida e Pelayo foi proclamado Rei das Astúrias. Em reconhecimento à milagrosa intercessão de Nossa Senhora, o rei D. Afonso I, o Católico (739-757), mandou construir no local um mosteiro e uma capela em honra de Nossa Senhora de Covadonga.
Mais tarde, foi substituído por uma grande basílica que foi consagrada em 1901.

A Basílica construída em homenagem a Nossa Senhora de Covadonga

Até os historiadores árabes contam esta batalha com admiração, sem esconder o grande número de muçulmanos que morreram nela.

-Comentário do Prof. Plinio:

Qual é a lição que podemos tirar desses fatos?
Você conhece a desproporção entre o tamanho dos exércitos e os meios em nossas batalhas contra a Revolução.

Os católicos liderados por Pelayo enfrentam as forças superiores dos muçulmanos

Santuário na Caverna de Covadonga

Ela exigia tudo de seus soldados para vencer uma batalha impossível. Enquanto eles lutavam com toda a sua energia, ela interveio e multiplicou suas ações de forma milagrosa e eles venceram a batalha. A vitória era Sua.

A lição é que devemos ter uma perspectiva sobrenatural ao conceber nossa vocação e nossa luta.

Devemos fazer o que for preciso para vencer, mesmo quando é impossível. A Divina Providência não nos pede que sejamos cegos à realidade. Devemos analisar a situação, e mesmo quando vemos que é impossível vencer esta ou aquela batalha, temos que lutar mesmo assim. Devemos desejar o que a Divina Providência deseja. Devemos acreditar no que é humanamente incrível. Devemos estar convencidos de que Nossa Senhora é por excelência a Mãe dos impossíveis. Ela nos pede para fazer o impossível – ela tem o direito de nos pedir isso – e ela nos ajudará a alcançar a vitória, depois de termos feito tudo o que pudermos.

Os mouros tomaram toda a Espanha sem reação séria até Covadonga porque encontraram espanhóis católicos tíbios e medíocres, que só tinham argumentos de bom senso. Eles se resignaram a não fazer nada além do que era razoável. Portanto, eles foram derrotados e a Espanha foi conquistada.

No momento em que alguns católicos acreditaram no impossível sob a proteção de Nossa Senhora, o jogo mudou e a Reconquista começou. Os mouros foram derrotados em Covadonga, mas também foram potencialmente derrotados em toda a Espanha por causa da mentalidade que se iniciou em Covadonga.

Muitos séculos teriam que passar antes que os mouros fossem completamente expulsos no século XVI. Mas a mentalidade que inspirou a Reconquista foi a mesma que venceu em Covadonga: acreditar no impossível sob a proteção da Virgem.

Devemos pedir a Nossa Senhora a graça de nunca duvidar de uma vitória que temos a certeza que ela deseja, mesmo que pareça impossível. Devemos fazer tudo o que pudermos para atingir esse objetivo e confiar que ela nos dará a vitória final.

Fonte: Tradição em Ação

Via: https://ejercitoremanente.com/2021/05/28/victoria-de-covadonga-ventajas-de-tener-a-dios-de-nuestra-parte/

---

O EXÉRCITO REMANESCENTE DE CRISTO TRIUNFARÁ

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2013, 15:30 h.

Meus amados filhos de Deus, Eu sou a vossa Mãe celestial, Mãe de Misericórdia, Mãe da Salvação. Vós sois os Meus filhos preciosos e Eu cobrir-vos-ei a todos com o Meu manto de salvação, quando as vossas almas se cansarem de lutar em sofrimento.

Rezai, Meus filhos, ao Meu Filho, com plena fé e confiança na Sua Misericórdia. Ele nunca vos deixará cair. Embora suporteis dor e tristeza porque sabeis a Verdade e vos sentis miseráveis por causa das maldades que vedes ao vosso redor, vós deveis estar em paz. Porque vós estais cercados com o amor de Deus, Meu Pai, e sois abençoados com as Graças que o Meu Filho vos concede, e isso enriquece as vossas almas.

Vós não deveis permitir que o medo e a preocupação vos distraia do papel que o Meu Filho já esculpiu para vós. O exército remanescente de Cristo triunfará e trará no seu rastro biliões de almas, que se apresentarão diante do Trono de Deus.

Que bênção vos foi dada. Aqueles dentre vós que ireis conduzir e ajudar os Meus Grupos de Cruzada de Oração, estais a poupar bilhões de almas. Estas orações são como nenhuma outra, uma vez que foram dadas à humanidade como uma Dádiva, com as Graças especiais que lhes estão associadas. Sem o saberdes, as almas que ajudais a salvar dobram mais 30 vezes quando vós dizeis estas orações. Elas fazem com que vós conforteis o Coração do Meu Filho, aumentando e fortalecendo em número as almas de que Ele precisa para cumprir o Seu Plano de salvação.

Obrigado por responderdes ao apelo do Meu Filho do Céu. Muitas Graças vos foram dadas nas duas últimas semanas. Os frutos dessas Graças ficarão mais claros para vós à medida que prosseguirdes no caminho da Verdade, em direção à vida eterna.

A vossa amada Mãe

Mãe da Salvação

Fonte:https://www.elgranaviso-mensajes.com/news/a31-jan-2013-m%c3%a3e-de-deus%3a-o-exercito-remanescente-de-cristo-triunfara/




Artigo Visto: 456

 




Total Visitas Únicas: 6.308.146
Visitas Únicas Hoje: 195
Usuários Online: 129