Sinais do Reino


Notícias e comentários
  • Voltar






19/11/2021
Um apelo de Viena. Vamos nos juntar na oração do Rosário

Caros amigos de Duc in altum , recebo este apelo de um leitor que vive na Áustria.

Um apelo de Viena. Vamos nos juntar na oração do Rosário

19-11-2021

Salvo em: Blog por Aldo Maria Valli

Caro Valli,

aqui na Áustria, a situação está se deteriorando. De acordo com as últimas notícias, parece que a partir da próxima semana (ou talvez antes: agora as regras os comunicam assim, um momento antes de serem implementados) toda a Áustria poderia entrar em lockdown , com ensino à distância e 50% home-office (para vacinados a coisa toda poderia durar até dezembro, para os não vacinados até fevereiro de 2022).

Mas o pior é que se fala na possibilidade de introduzir a obrigação de vacinação para todos (provavelmente também para as crianças) a partir do próximo mês de fevereiro. E quem não quer ser vacinado? Parece que haverá multas, mas o pior será a perda do emprego e a impossibilidade de ir à escola.

Consequentemente, peço a todos os leitores de Duc in altum que rezem o Santo Rosário amanhã às 12 horas.

Deus, por intercessão de Maria, já refreou o mal que queria entrar na Europa, aqui mesmo em Viena. Vamos nos ligar a Deus por meio de uma corrente humana de Rosários.

Um abraço

Carta assinada

________________________

Em relação a este apelo, retomo as notícias das últimas horas.

Covid, na Áustria, a partir do bloqueio de segunda-feira também para vacinados. A partir de 1 de fevereiro obrigação de vacinação

O anúncio do governo de Viena para tentar conter a quarta onda de infecções. As restrições continuarão depois disso apenas para aqueles que não foram imunizados. Além disso, a partir de 1º de fevereiro, o país será obrigado a vacinar

Bloqueio geral desde segunda-feira na Áustria. Durará vinte dias e continuará para os não vacinados. A medida para tentar frear a quarta onda de infecções por Covid no país foi anunciada hoje pelo governo de Viena.

O fechamento de três semanas não é a única medida anunciada pelo chanceler austríaco Alexander Schallenberg, que falou de Innsbruck para toda a nação. Na Áustria, a partir de 1º de fevereiro de 2022, a obrigação de vacinação será imposta às pessoas que não receberam nenhuma dose da vacina contra Covid-19 até aquele dia. “Apesar de meses de esforço, não conseguimos reunir pessoas suficientes para serem vacinadas”, lamentou Schallenberg. “Há demasiadas forças políticas que vão contra nós”, acrescentou, referindo-se a um “ataque ao sistema de saúde”. A Áustria se torna o primeiro país da UE a impor a vacina.

No  site da Oe24, uma lista das atividades que serão encerradas a partir de segunda-feira devido ao bloqueio na Áustria. Quanto ao comércio a retalho, apenas permanecem abertos supermercados, parafarmácias e farmácias, as restantes lojas não vão poder abrir. Também estão encerrados restaurantes, ginásios, cabeleireiros, centros de massagens e outros serviços onde não seja possível manter a distância mínima. Os estádios também devem ser fechados novamente.

Em resumo, de acordo com  reportagens do jornal  Kronen Zeitung , as medidas decididas pelo governo austríaco: máscara FFP2 obrigatória a partir de segunda-feira em salas fechadas, escolas e jardins de infância permanecem abertos, mas há obrigação de máscara, terceira dose de vacinação possível após quatro meses, vacinação obrigatória a partir de fevereiro, controles mais rígidos e penas mais altas.

Fonte: tg24.sky.it - Via:https://www.aldomariavalli.it/2021/11/19/un-appello-da-vienna-uniamoci-nella-preghiera-del-rosario/




Artigo Visto: 270

 




Total Visitas Únicas: 5.396.434
Visitas Únicas Hoje: 337
Usuários Online: 157