Sinais do Reino


Final dos Tempos
  • Voltar






31/05/2023
Um crocodilo em um espaço consagrado

Crocodilo no batistério! O que as autoridades da Igreja estão pensando?

Esta semana, trazemos a você uma 'edição especial' de nossa coluna: não um verdadeiro horror arquitetônico, mas uma instalação de 'arte' autodescrita provocativa dentro do Batistério de San Giovanni Battista em Cremona, uma obra-prima da arquitetura românico-gótica lombarda.

Por cathcon.blogspot.com

Um grande crocodilo empalhado foi pendurado na abóbada do batistério: é Ego, uma obra de Maurizio Cattelan, datada de 2019 e agora reapresentada para a primeira edição da Semana de Arte Contemporânea de Cremona (26 de maio a 4 de junho).

Não se sabe o que este horror (que, no máximo, deturpa ideias tiradas de outros lugares, enfim, uma provocação em si) tem a ver com um batistério, com a aprovação e patrocínio da Cúria de Cremona: sabe-se então que "Ego leva este título porque, para Maurizio Cattelan, o crocodilo é uma espécie de auto-retrato, que ele atualmente considera ser o mais próximo de sua personalidade. [...] "Crocodilos", explicou Cattelan por ocasião da Exposição de 2019, falando com o curador Michael Frahm, "Eles foram protagonistas de rituais, religiões, crenças mágicas, lendas urbanas. São criaturas que tanto amedrontam quanto fascinam e são profundamente simbólicas desde o início da humanidade.' E agora, esta estranha criatura pode ser vista por todos, pendurada dentro do Batistério de Cremona'.

No espírito do Evangelho, recordamos o comportamento do Senhor diante da profanação do templo: «Começou a expulsar os que compravam e vendiam no templo, derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos vendedores de pombas." e não permitia que eles trouxessem coisas para o templo. E ele os ensinava, dizendo: "Não está escrito: 'Minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Mas você o transformou em um covil de ladrões!” (Mc 11, 15-17).

Depois de ter visto com horror como a diocese de Cremona transforma os lugares consagrados destinados à celebração dos sacramentos em espaços expositivos destinados unicamente a satisfazer o egoísmo da personalidade mediática do momento, repetimos a pergunta: merecem oito por mil? (a proporção do imposto de renda que vai para a Igreja).

https://cathcon.blogspot.com/

Via:https://religionlavozlibre.blogspot.com/2023/05/un-cocodrilo-en-un-espacio-consagrado.html




Artigo Visto: 449

 




Total Visitas Únicas: 6.306.380
Visitas Únicas Hoje: 634
Usuários Online: 155