Sinais do Reino


Notícias da Igreja
  • Voltar






08/12/2020
O ex-presidente do Banco do Vaticano roubou € 60 milhões

O ex-presidente do Banco do Vaticano roubou € 60 milhões

7 de dezembro de 2020

Os promotores do Vaticano querem aplicar 8 anos de prisão a Angelo Caloia, 81, o ex-presidente do Banco do Vaticano (de 1989 a 2009).

Caloia é acusado de ter desviado 60 milhões de euros ao vender para si e para os seus cúmplices quase todos os bens imóveis do Banco do Vaticano, através de empresas offshore.

Seus cúmplices foram o advogado Gabriele Liuzzo (pelo qual foram solicitados 8 anos de prisão) e seu filho Lamberto (pelo qual foram solicitados 6 anos de prisão).

Caloia sucedeu ao Monsenhor Paul Marcinkus (+2006) no Banco do Vaticano. O julgamento começou em maio de 2018. A sentença será proferida em 21 de janeiro de 2021.

De acordo com a acusação, os réus agiram por ganância e ficaram com os bens mais valiosos.

Durante o interrogatório, Caloia justificou os milhões de euros encontrados nas suas contas bancárias com uma herança da sogra, mas perante o tribunal nem sequer se lembrava do nome da sogra.

en.news

Fonte: https://religionlavozlibre.blogspot.com/2020/12/ex-presidente-del-banco-vaticano-robo.html?




Artigo Visto: 329

 




Total Visitas Únicas: 5.200.671
Visitas Únicas Hoje: 884
Usuários Online: 173