Sinais do Reino


Notícias da Igreja
  • Voltar






01/01/2022
Ordenação de mulheres, fim do celibato e bênção de casais homossexuais. O bispo alemão insiste: "Faremos reformas"

O bispo alemão Franz-Josef Bode tem certeza disso: no final da "caminhada sinodal" em curso na Alemanha, esses objetivos serão finalmente alcançados.

Ordenação de mulheres, fim do celibato e bênção de casais homossexuais. O bispo alemão insiste: "Faremos reformas"

01-01-2022

Salvo em: Blog por Aldo Maria Valli

Ordenação de mulheres, fim do celibato e bênção de casais homossexuais. O bispo alemão Franz-Josef Bode tem certeza disso: no final da "caminhada sinodal" em curso na Alemanha, esses objetivos serão finalmente alcançados. Mas é preciso “paciência”, prega o bispo.

Falando a uma mídia protestante, o bispo de Osnabrück, Franz-Josef Bode, disse estar confiante: a Assembleia Sinodal da Igreja na Alemanha levará às reformas desejadas na Igreja. Entre elas, a ordenação de mulheres e a bênção de casais homossexuais.

Dom Franz-Josef Bode, vice-presidente da Conferência Episcopal Alemã, assegurou que na próxima reunião da Assembleia sinodal levantará novamente os argumentos a favor da ordenação de mulheres e homens casados ​​e da bênção dos casais do mesmo sexo. Mas, acrescentou, se alguém pretende obter esses resultados com o punho erguido e com veemência, apenas forças opostas são evocadas. “Além disso - acrescentou - esta não é a minha mentalidade. Eu não sou um revolucionário ”.

O prelado acredita que com perseverança mais pode ser alcançado: “Como em uma espiral, lenta mas seguramente nos aproximamos da meta. As mudanças dos últimos cinquenta anos demonstram isso.

Bode diz que está muito preocupado com aqueles que não têm paciência para observar o desdobramento dos argumentos teológicos a favor. “Procuro ficar com os pés no chão, converso com eles para que mantenham a confiança”. E também converso com pessoas que deixaram a igreja.

Monsenhor Bode espera que no final do Caminho sinodal, na primavera de 2023, seja possível a bênção dos casais do mesmo sexo. Além disso, “as mulheres e os leigos devem ser capazes de pregar com mais frequência e celebrar sacramentos como o batismo e ajudar no casamento. Quero envolver o maior número possível, mas não podemos decidir sem os sacerdotes e diáconos que prestaram esses serviços até agora. É importante que os sacerdotes, diáconos e leigos responsáveis ​​trabalhem juntos, bem e com confiança no futuro ”.

Fonte:infocatolica.com - Via:https://www.aldomariavalli.it/2022/01/01/ordinazione-delle-donne-fine-del-celibato-e-benedizione-delle-coppie-omosessuali-vescovo-tedesco-insiste-faremo-le-riforme/




Artigo Visto: 347

 




Total Visitas Únicas: 5.658.734
Visitas Únicas Hoje: 388
Usuários Online: 157