"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
21/08/2014
Papa Francisco na capa da Fortune: ''Santo reformador''
 

Papa Francisco na capa da Fortune: ''Santo reformador''

Quarta, 20 de agosto de 2014

http://www.diariodemocracia.com/fotografias/fotosnoticias/2014/8/19/gal-52408.jpg

"Holy reformer", o santo reformador, é a manchete de capa da edição de setembro da Fortune. Segundo a revista mensal que aborda os negócios e a Bolsa, Bergoglio é um gestor de primeiro nível, que está reformando as finanças conturbadas do Vaticano. "Esse papa leva a sério" é o título principal das notas internas.

A reportagem é de Luigi Accattoli, publicada no jornal Corriere della Sera, 18-08-2014. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Se uma revista que trata de Bolsa e finanças como a Fortune começa a falar do Papa Francisco e lhe dedica a capa, obviamente é um sinal de que algo está mudando. O fato de a sua força explosiva também ter aberto espaço em um mundo normalmente dedicado ao deus dinheiro e ao negócio não é pouca coisa.

Mas não é de se admirar quando se pensa, por exemplo, nas suas aparições na Time, na Rolling Stones, na New Yorker e até na The Advocate, a revista cult do mundo homossexual dos EUA.

Na revista, aparece a foto sorridente de Bergoglio, enquanto o título principal das notas internas brinca com as palavras: "This Pope means business", que significam: "Este papa leva a sério". Mas o termos business se refere ao motivo do interesse da revista, que trata quase exclusivamente de finanças e é famosa porque, a cada ano, publica a lista dos homens mais ricos do mundo.

A Fortune, portanto, chega para dizer que "o popularíssimo Francisco é mais do que um pontífice", porque "ele é um gestor de primeiro nível que está reformando as finanças conturbadas do Vaticano".

Depois, a revista conta que, no verão de 2013, poucos meses depois da sua eleição, ele chamou a Santa Marta sete importantes financistas, de várias partes do mundo, para debater o plano de reestruturação das finanças vaticanas.

Em uma espécie de sala de reuniões no primeiro andar da casa onde Bergoglio mora, Santa Marta, ao redor de uma mesa redonda, eles se reuniram como normalmente acontece entre altos executivos, e o papa explicou ao grupo que, "para que a sua mensagem espiritual possa ser crível, as finanças vaticanas também deve ser críveis. Depois de séculos de segredo e intrigas, chegou o momento de abrir os livros para os fiéis. Regras e protocolos rigorosos devem ser adotados para pôr fim ao ciclo de escândalos que afligiram o Vaticano nos anos últimos".

A revista continua ilustrando depois as estruturas financeiras do Vaticano, com os principais itens de entradas. Não falta uma análise da criticidade. Em março deste ano, a Fortune também indicara o Papa Francisco como o líder mais importante e influente do mundo, colocando-o no primeiro lugar em um ranking de 50 nomes, em que o segundo lugar era da chanceler alemã, Angela Merkel, e o terceiro de Alan Mulally, diretor-executivo da Ford.

Agora, para o papa, chega diretamente a capa.

 

Fonte:http://www.ihu.unisinos.br/noticias/534455-papa-francisco-na-capa-da-fortune-santo-reformador

 
 
 

Artigo Visto: 760 - Impresso: 16 - Enviado: 7

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.545.095 - Visitas Únicas Hoje: 947 Usuários Online: 176