"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
25/11/2019
Imagens de santos enterradas há quase 60 anos são encontradas por pedreiros embaixo de igreja.
 

Imagens de santos enterradas há quase 60 anos são encontradas por pedreiros embaixo de igreja.

As imagens foram enterradas após o Concílio Vaticano II, na década de 1960, quando, segundo o historiador Antônio José, foi acertado que os santos deveriam ser retirados dos altares.

https://s2.glbimg.com/50ZWF2FMMIB6YK34u3FO9ObeVzo=/0x0:640x314/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2019/h/a/KnoataTqW1r4niF5Eh5g/santo-antonio.png

Por G1 Piauí, 22 de novembro de 2019 

Imagens de Santa Teresa D’Ávila e de Santo Antônio foram encontradas por pedreiros nessa quinta-feira (21) enterradas sob o altar da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição, localizada em Valença do Piauí, município distante 216 km ao Sul de Teresina. Em entrevista ao G1, o historiador Antônio José contou que as imagens foram enterradas na década de 1960, após o Concílio Vaticano II, com o objetivo de atualizar a Igreja Católica.

“Durante o concílio foi acertado que as imagens deveriam ser retiradas dos altares. Só que não tinham como jogar tudo fora. O padre Marques, que era bastante tradicionalista, teve ideia de colocar sob o altar do Santíssimo Sacramento”, comentou.

Com o passar do tempo, as imagens foram esquecidas. Porém, ainda existia na cidade boatos de que haveriam imagens enterradas sob a Igreja Matriz. “Na década de 80, lembro que as senhoras contavam que existiam imagens enterradas, mas não sabiam onde estavam exatamente”, contou o historiador.

“A gente ficava em dúvida se havia ou não. Nós contávamos para os padres, mas eles não davam importância. Até que o padre de agora, que tem uma visão diferenciada, conversou com o padre Marques que confirmou”, acrescentou.

Por conta da idade do padre, a história foi esquecida. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) foi comunicado, mas, segundo Antônio José, os arqueólogos nunca foram na cidade.

“Durante a reforma, os pedreiros se depararam com as imagens sob o Santíssimo Sacramento. Será verificado ainda se existem outras imagens”, afirmou o historiador.

Antônio José informou que o padre não tomará a decisão só e que será formado um conselho para que seja decidido o destino das imagens.

Fonte:https://fratresinunum.com/2019/11/25/imagens-de-santos-enterradas-ha-quase-60-anos-sao-encontradas-por-pedreiros-embaixo-de-igreja/

 

 
 
 

Artigo Visto: 354 - Impresso: 2 - Enviado: 2

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.808.277 - Visitas Únicas Hoje: 1.230 Usuários Online: 211