"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
13/01/2014
A sombra do Papa Francisco: Monsenhor Pedacchio Leaniz.
 

A sombra do Papa Francisco: Monsenhor Pedacchio Leaniz.

Mons. Pedacchio

Nota do Fratres – Corredores romanos sussuram: a Mons. Pedacchio atribui-se enorme influência sobre Francisco — aparentemente, um Papa independente, autônomo em suas decisões e sem vínculos com quem quer que seja. Só aparentemente. Por exemplo, diz-se que Pedacchio, antigo oficial da Congregação para os Bispos, seria o artífice da ascensão meteórica de um antigo companheiro seu de dicastério, também oficial, o brasileiro Dom Ilson Montanari. Conta-se também que Pedacchio teria repreendido rude e publicamente o Cardeal Mauro Piacenza por ter ousado genuflectir em uma Missa concelebrada com o Papa, na Casa Santa Marta. O secretário do Papa avisara a todos das dificuldades do Pontífice para se ajoelhar e que, portanto, ninguém deveria fazê-lo ao longo da celebração. O pobre Piacenza, já bastante humilhado no reinado de Francisco, teria descumprido o preceito Pedacchiano por uma questão de hábito: o Cardeal “conservador”, coitado, estaria acostumado a se ajoelhar e o fez automaticamente.

Desconfia-se também que Pedacchio seja a porta aberta a visitas ilustres ao Papa Francisco, driblando a burocracia vaticana, com direito a vídeos de celular, como a que publicamos recentemente.

 

Por CNA | Tradução: Fratres in Unum.com - O Papa Francisco agora conta com a presença discreta de seu novo secretário argentino de 49 anos de idade, monsenhor Fabiàn Pedacchio Leaniz.

“Eu quero passar despercebido,” disse o segundo secretário do Papa Francisco à CNA em 27 de junho durante uma conversa. “Estou fazendo o melhor que posso para servir ao Santo Padre, sem revelar nada da vida privada do Papa Francisco.”

Monsenhor Fabiàn Edgardo Marcelo Pedacchio Leaniz soube através da janela do Palácio Apostólico ao lado do Papa, pela primeira vez, em 12 de maio, quase exatamente dois meses após a eleição do Papa Francisco.

Pouco tempo depois do evento de 13 de março, ele se mudou para a Domus Sanctae Marthae, o hotel do Vaticano onde o Papa está morando. Ele começou a colaborar com o Papa Francisco em meio regime de expediente, ao mesmo tempo que mantinha seu cargo de “escriturário de secretário e segunda classe” na Congregação para os Bispos.

Atualmente, Monsenhor Pedacchio Leaniz é o segundo secretário do Papa Francisco em tempo integral, um cargo através do qual ele auxilia o Santo Padre em sua vida diária seja como tradutor ou respondendo correspondência pessoal em nome do Papa. O primeiro secretário é o Monsenhor  Alfred Xuereb, de origem maltesa, que também atuou como segundo secretário de Bento XVI.

Como segundo secretário, Monsenhor Pedacchio um dia será inserido nos escalões da Secretaria de Estado.

O padre conhece o pontífice há muito tempo. Ao assumir seu cargo na Cúria Vaticana, em 2007, foi sob recomendação do então Arcebispo de Buenos Aires, Cardeal Jorge Mario Bergoglio.

Perito em Direito Canônico, Monsenhor Pedacchio Leaniz era secretário da SADEC, a sociedade argentina para o Direito Canônico. Ele também trabalhou no Tribunal Eclesiástico da Argentina.

O monsenhor cresceu em uma comunidade da Villa Luro, em Buenos Aires. Ele conta, em uma entrevista ao jornal “El Periodico del Barrio”, em janeiro de 2007, que, quando ele era mais jovem, nunca pensou em ser padre.

Em 1983, ele decidiu estudar economia e constituir uma família. Porém, naquela época ele encontrou um padre que, Pedacchio Leaniz disse ao El Periodico del Barrio, “atraiu minha atenção por sua alegria e abertura. Uma vez ele me perguntou se alguma vez eu já tinha pensado em ser padre.”

A primeira resposta de Monsenhor Pedacchio foi “Meu futuro é estudar, me formar e constituir uma família.” Porém, ele continuou pensando sobre essa proposta do padre, e no mês de março seguinte ele entrou para o seminário.

Ele foi ordenado padre em 7 de dezembro de 1992.

Só mais tarde que o então pároco padre Pedacchio Leaniz começou a manter conversas telefônicas semanais com o seu arcebispo, Cardeal Bergoglio, e encontrar com ele mais frequentemente.

Em 2007, a Congregação de Bispos perguntou ao Cardeal Bergoglio se ele podia sugerir um padre argentino para o cargo dentro de seus escalões. O cardeal escolheu Monsenhor Pedacchio Leaniz, a quem o arcebispo de Buenos Aires considerava em grande estima.

A amizade deles levou até mesmo a alguma especulação sobre o verdadeiro papel que o sacerdote tinha na Congregação para os Bispos.

Em um relatório de 26 de dezembro de 2011, um informante anônimo escrevia no portal argentino Intereconomia acusando-o de ser “um espião do Cardeal Bergoglio em Roma” dentro dos escalões da Congregação de Bispos.

O relatório insinuava que o Monsenhor Pedacchio costumava informar o Cardeal Bergoglio “de qualquer documento ou carta que chegava à Congregação, incluindo documentos selados.” O relatório afirmava também que “quando o assunto em questão é muito importante, o Monsenhor Pedacchio também envia faxes a Bergoglio com toda a documentação necessária” para o “seu chefe.”

Monsenhor Pedacchio Leaniz é considerado por muitos como sendo habilidoso e atento. “Ele costumava manter os olhos e ouvidos abertos,” disse um oficial do Vaticano que trabalhava na Congregação para os Bispos e falou à CNA na condição de anônimo.

Seus hobbies são variados. Ele gosta de ópera e música em geral, e tem uma grande coleção de CDs de vários gêneros. Ele gosta de futebol e é um grande fã do time e futebol argentino de River Plate. Ele ama os livros de Gabriel Garcia Marquez, e ele é um fã de Pedro Almodovar, o famoso diretor de cinema espanhol e ganhador do Academy Award.

Em Roma, ele costumava comprar livros de orações em uma pequena livraria na adjacência da Praça de São Pedro. Os livreiros descreveram Monsenhor Pedacchio em uma conversa em 27 de junho com a CNA como “uma pessoa simpática e afável, às vezes até mesmo engraçado.”

 

Fonte:http://fratresinunum.com

 
 
 

Artigo Visto: 1010 - Impresso: 34 - Enviado: 7

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.942.500 - Visitas Únicas Hoje: 1.166 Usuários Online: 247