Sinais do Reino


Notícias e comentários
  • Voltar






16/04/2021
Pfizer: "Vamos precisar da terceira dose". Estamos caminhando para um estado permanente de emergência sanitária?

Pfizer: "Vamos precisar da terceira dose". Estamos caminhando para um estado permanente de emergência sanitária?

16-04-2021

Salvo em: Blog por Aldo Maria Valli

Pessoas que receberam a vacina Pfizer “provavelmente” precisarão de uma terceira dose dentro de 6-12 meses e, a partir de então, uma injeção a cada ano. No entanto, tudo isso ainda não foi confirmado, de acordo com o que foi anunciado pelo presidente do conselho de administração da gigante farmacêutica Albert Bourla, que acrescentou ainda que as variantes terão um papel fundamental.

“É extremamente importante reduzir o número de pessoas vulneráveis ​​ao vírus”, explica Burla, segundo declarações do canal CNBC. Um papel importante na evolução da situação é desempenhado pelas variantes: “Atualmente não sabemos tudo o que há para saber” sobre o vírus.

A Pfizer-BioNTech anunciou um estudo clínico sobre os efeitos da administração de uma terceira dose de soro em fevereiro.

Fonte: rsi.ch

*

Rumo a um estado permanente de emergência sanitária

“Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem segredo que não venha à luz” (Lucas 12: 2). Palavras que também se aplicam às vacinas anti-Covid.

Acadêmicos rigorosos e intelectualmente honestos, não inclinados ao politicamente correto da saúde do estado, há muito argumentam que não há dados e evidências de que a proteção imunológica das vacinas perdure ao longo do tempo. Na verdade, existem vários estudos robustos e independentes que mostram que a imunidade contra a infecção natural ou imunização por vacina não vai além de 6-8 meses. Mas não se poderia dizer, sob pena de ser acusado de ser no-vax e negador.

Agora a verdade está surgindo e não pode mais ser escondida.

Na verdade, é o mesmo fabricante Pfizer (que tem todos os dados das fases dos ensaios clínicos) a admitir que o limite de cobertura imunológica é curto e propor a adição de uma terceira dose e repetição da vacinação a cada 8-12 meses.

Mas, desta forma, a vacinação torna-se um tratamento repetido, em estado de emergência sanitária permanente.

Carta assinada

Fonte; https://www.aldomariavalli.it/2021/04/16/pfizer-servira-la-terza-dose-si-va-verso-uno-stato-permanente-di-emergenza-sanitaria/




Artigo Visto: 285

 




Total Visitas Únicas: 2.157.747
Visitas Únicas Hoje: 136
Usuários Online: 146